Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Geração Erasmus

Bibliotecas comunitárias

Geração Erasmus

Voz às Escolas

2021-04-01 às 06h00

Amadeu Dinis Amadeu Dinis

1 A Escola Profissional CIOR viu aprovada a acreditação ao programa Erasmus KA1 - ensino profissional - para o período de candidaturas 2021 a 2027, pela respetiva Agência Nacional, facto que reconhece o bom funcionamento e as boas práticas desta Escola no que se refere aos fluxos de mobilidade no espaço europeu.
Com esta acreditação, mais uma vez, foram reconhecidos os critérios de qualidade preconizados pelo programa, desde o processo de seleção dos alunos, contacto com os parceiros, logística e funcionamento das atividades, apoio e acompanhamento dos alunos e o respetivo reporte/ligação à Agência Nacional Erasmus.
Este processo assegura também a possibilidade da CIOR, mantendo os critérios de qualidade, ter as suas candidaturas anuais aprovadas até 2027, traduzindo e evidenciando, de forma inequívoca, a dimensão europeia do projeto educativo e formativo da CIOR e todo o seu histórico aos longo dos seus 30 anos, fazendo com que esta Escola seja dos estabelecimentos de ensino da região e do país com maior número de fluxos de mobilidades.
É de referir que a todos os alunos da CIOR, que frequentam os seus diferentes cursos, durante o seu percurso formativo, é proporcionada a frequência de um estágio de formação em contexto de trabalho ou de ensino/aprendizagem em instituições, empresas e organizações que integram uma rede de dezenas de parceiros distribuídos pela maioria dos países da Europa. Paralelamente vários alunos estrangeiros procuram a CIOR, como entidade acolhedora, para a realização dos seus estágios nos laboratórios e oficinas da Escola e empresas do município de V.N. de Famalicão.
2 Mesmo no ano passado, na situação mais severa de pandemia com todos os seus constrangimentos e imprevistos, programámos e efetuámos mobilidades de alunos para realizarem a sua formação em contexto de trabalho em empresas e organizações parceiras em vários países da Europa. Uma delicada e complexa operação, em termos logísticos, feita com a devida autorização do Ministério da Educação, Agência Nacional e em articulação com Direção-Geral de Saúde, Autoridade de Saúde e suas congéneres no estrangeiro, parceiros, empresas, alunos e encarregados de educação.
Estes foram momentos e experiências que puseram à prova, para além de todo o processo de adaptação dos alunos a situações extremamente adversas, o saber viver em grupo e as suas dinâmicas, o sentido de responsabilidade e disciplina individual e coletivo, a sua capacidade de controlo emocional e de resiliência, para além de vivenciarem exigentes experiências ligadas à formação e ao mundo laboral em contextos socioculturais e linguísticos diferentes.
3Presentemente, a CIOR está a organizar mais uma série de mobilidades, que, caso as condições epidemiológicas o permitam, decorrerão de abril a junho, com destino a empresas parceiras de Espanha, Malta, Itália e Alemanha, assim como a preparar o acolhimento de um grupo de alunos e professores provenientes da Roménia e da Espanha. Trata-se de uma operação coordenada e planeada pelo Gabinete de Projetos da escola e articulada com entidades parceiras, diretores de curso e orientadores educativos de turma e alunos.
Todo este processo, em termos de dinâmica, objetivos e atividades, para além da disseminação de boas práticas, metodologias, capacitação, impacto de projetos, valor acrescentado nas aprendizagens e no processo educativo e formativo, contribui para a “internacionalização e a excelência do ensino e formação na União Europeia, incentivando a criatividade, a inovação e o espírito empreendedor, e promovendo a igualdade, a coesão social e a cidadania ativa”.
Mais. Num momento de instabilidade e de incertezas que a Europa enfrenta, as gerações de estudantes do Erasmus e programas similares, para além de garantes da cidadania europeia, são os grandes defensores da sua coesão e fortalecimento. Uma Europa espaço de democracia, liberdade, solidariedade, tolerância, inclusão, diálogo, justiça social, bem-estar e paz sempre fiel à sua matriz identitária.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho