Correio do Minho

Braga, sábado

Ferrovia: é obrigatório ser uma prioridade

Investir em obrigações: o que devo saber?

Ideias

2017-02-07 às 06h00

Paulo Monteiro

A semana que passou foi de excelentes notícias no que à ferrovia diz respeito. A electrificação do troço entre Nine e Viana do Castelo foi consignada. Um investimento de 16 milhões de euros que estará concluído no primeiro trimestre de 2018. Este gesto faz com que as obras de modernização e electrificação da Linha do Minho entre Nine e Valença custem 83,2 milhões de euros e com conclusão prevista para 2020.

É um passo de gigante na aposta da ferrovia no Minho e uma reivindicação já há muito pedida pelas autarquias minhotas, que sempre teve no Eixo Atlântico uma das vozes mais fortes. A nossa ligação com a Galiza tem de ser forte e eficaz. É preciso não esquecer que os nossos amigos galegos representam cerca de 3 mil milhões de euros das nossas exportações.

Para além disso, temos de aproveitar da melhor maneira a abertura do segundo canal do Panamá. Uma nova via de navegação onde passam navios capazes de transportar até 13 mil toneladas de carga, mais do dobro do primeiro canal. E depois, Portugal é o país ideal e de excelência (banhado pelo Atlântico) para transportar as mercadorias para o resto da Europa, entrando pelos nossos portos e seguindo de comboio...

Mas para fazer essa ligação é preciso que o investimento na ferrovia seja uma realidade e uma prioridade nacional. Mais: não é só apostar na Linha do Minho. A ligação, por exemplo, entre Braga e Lisboa já está saturada. É preciso uma nova linha com uma bitola diferente e que seja seguida pelos nossos amigos espanhóis para não termos que mudar de carruagens em Handaya, ao entrarmos em França. Temos que nos unir ao resto da Europa. E aqui podemos ter futuro...

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.