Correio do Minho

Braga, quarta-feira

'Esse lado chama-se criança'

O Estado da União

Conta o Leitor

2013-07-27 às 06h00

Escritor

Liliana Gonçalves


Decidi fazer uma lista das coisas mais estranhas sobre mim. Não sei qual o interesse que isto terá para ser publicado mas vale sempre a pena tentar…
1.º Não gosto que me chamem ‘Lili’, a não ser que um lado muito adormecido de mim tenha um ataque de sonambulismo e ache isso ‘fofo’. Esse lado chama-se criança;

2.º Acho que à medida que fui crescendo comecei a ter medo de andar no baloiço… ‘acho’, porque ainda não tive coragem de ir experimentar a sensação de finalmente ter a certeza sobre esse assunto;

3.º Cada vez mais (pausa) gosto menos de andar de elevador. (Agora tirem a pausa, e comprovem que sem a pausa a frase não ficava bem!). Faz-me sentir tonta e assusta-me porque insiste em não fazer o que lhe mando… várias vezes!

4.º Quando era pequena pegava numa folha verde e transportava as formigas da escada para o ninho, do ninho para casa, numa espécie de Alfa Pendular. Agora que penso nisso talvez elas preferissem ir sozinhas e possivelmente seja por isso que nunca mais vi ninhos de formigas na calçada em frente à minha casa;

5.º Uma vez dei a ração do passarinho às formigas. Vejam a ironia, aquele pássaro morreu dias depois à fome e à sede. Tinha eu 5 anos, agora tenho 15, detesto formigas e adoro pássaros;

6.º Falo sozinha desde que me lembro que falo. Cheguei a pensar que falava com Deus, agora prefiro pensar que falo com um actor de cinema engraçado. Notem que aquele ‘engraçado’ tem vários sentidos;

7.º O meu irmão tem 29 anos. Nos seus aniversários ia remexer as coisas dele à procura de algo que ele não usava, embrulhava e oferecia-lhe. Tinha sempre a esperança que ele já tivesse esquecido a existência do objecto e achasse aquele presente o melhor de todos;

8.º O meu primeiro namorado chamava-se Gil e era escuteiro;

9.º Era também imaginário;

10.º Os seguintes também, mas já nem lhes dou nomes, já não vale a pena;

11.º Eu detestava ler. Isso acabou com os livros de Harry Potter e é uma óptima forma de nos abstrair de uma fase deprimente;

12.º Geralmente eu penso e falo sozinha em inglês;

13.º A minha mãe tencionava inicialmente colocar-me o nome de Diana por causa da princesa, mas entretanto ela morreu. Até há bem pouco tempo atrás preferia que o meu nome fosse Diana, até porque depois já ninguém me chamaria ‘Lil’, mas agora não. O nome Diana dá-me comichão;

14.º Se choro à noite, normalmente é por cause da mágoa causada por alguém em particular, nessas alturas costumo murmurar em espécie de grito (modo: silencioso) o nome dela, e sinto que há uma parte de mim que acredita que essa pessoa o sente de alguma forma;

15.º Quando estou triste vou cantar e dançar para a casa de banho. Porque na casa de banho ninguém me vê/ouve e porque é lá que está o maior espelho da casa;

16.º Uma vez tive um professor na primária que se chamava Marco e ele conseguia fazer magia verdadeira. Daquela que acontece mesmo, sem truques. Se ele estiver a ler isto, espero que saiba que será uma das pessoas que nunca esquecerei e das quais guardo boas e grandes memórias. Se estiver a ler isto por favor entre em contacto comigo.

17.º Tenho um tio que é padre. Mas é igual, igualzinho ao Herman José. Só percebi que não eram a mesma pessoa quando uma vez estava a dar o Herman e o meu tio estava sentado no sofá ao meu lado. (Primeiro trauma)

18.º Quando via fotos minhas sozinha começava a chorar, pensava que me tinham deixado ali assim, perdida e abandonada. Era um pouco burra visto que tinha sempre que existir a pessoa que me tirou a foto;

19.º Não sei nadar e não gosto de coca-cola. (As pessoas dizem que isso é estranho, por isso…);

20.º Quero ser famosa, ter muito dinheiro para mim, para a minha família e para os meus amigos (porque eu adoro dar presentes) e parte desse dinheiro quero aplicar no desenvolvimento de países menos desenvolvidos (talvez o desejo não seja muito estranho mas a forma como o apresento seja um pouco…);

21.º Humanidades dá-me sono, mas o problema de ciências é que eu não quero seguir nenhuma profissão da área;

22.º Acabei o nono ano com média de 5.0 (talvez não seja muito estranho mas eu gosto que se saiba na mesma);

23.º Não gosto de ficar nas pontas, gosto de me sentir aconchegada no meio;

24.º Detesto ser a última pessoa a falar. Essa coisa de ‘ter a última palavra’ quem inventou isso não fui eu de certeza;

25.º O meu riso é muito estranho, é pena não conseguir reproduzi-lo na escrita;

26.º Não gosto de espanhóis, principalmente de um chamado David Villa. Porquê?

27.º Porque sim!

28.º Eu só gosto de Ice Tea de Manga. Mas manga fruto, sólido, que se corta aos pedacinhos e se mete na salada de fruta? Essa dá-me volta ao estômago;

29.º Quando era pequena detestava bonecas queria era carros telecomandados. Dizia que queria era ser rapaz, claro! É tudo mais fácil, eles não têm que parir! Quando contei isto a um amigo meu ele perguntou assustado: “Agora já te acostumaste à ideia, certo?”. Eu ri-me e respondi que sim. Ele não me pareceu muito convencido.

30.º Eu sempre quis ter um telemóvel. Enquanto não me deram um, fingi que um daqueles carrinhos miniatura de colecção era um. Fartei-me de falar para o Gil naquela altura, até que ele acabou comigo pelo telemóvel, e eu não quis mais disso.

31.º O meu nome é Liliana de Jesus Pinheiro Gonçalves e apesar de ainda não encontrar sentido nenhum nisto, e achar que talvez não consiga que seja publicado, fico feliz por perceber que ainda não perdi aquele lado que ainda gosta que me chamem ‘Lili’.

Esse lado chama-se criança.

liliana de jesus pinheiro gonçalves

Deixa o teu comentário

Últimas Conta o Leitor

31 Agosto 2018

Ingratidão

30 Agosto 2018

Humanum Amare Est

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.