Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Erasmus+ what else?

O primeiro Homem era português

Erasmus+ what else?

Voz às Escolas

2022-06-01 às 06h00

Paulo Antunes Paulo Antunes

Oprograma Erasmus foi criado em 1987 como um programa de intercâmbio de estudantes do ensino superior. Desde o primeiro ano, em que 3 200 estudantes provenientes de 11 países europeus (Bélgica, Dinamarca, Alemanha, Grécia, França, Irlanda, Itália, Países Baixos, Portugal, Espanha e Reino Unido) participaram, o programa tem vindo a evoluir constantemente. Atualmente, o programa Erasmus+ oferece uma vasta gama de oportunidades para o ensino superior, ensino e formação profissional, ensino escolar, ensino para adultos, juventude e desporto.
Durante mais de 30 anos, as mobilidades têm contribuído para dotar os participantes com o ensino, as aptidões e as competências que necessitam para terem vidas autónomas e gratificantes. Dá-lhes igualmente uma experiência europeia e um sentimento de pertença a uma comunidade. Diversas análises e avaliações de impacto salientaram o valor das mobilidades. Mostram também que uma estadia no estrangeiro dota os jovens europeus de aptidões do mercado de trabalho atuais e futuras e melhora as suas perspetivas de uma carreira de sucesso.
Os estudantes de mobilidade têm mais probabilidades de encontrar emprego um ano após a obtenção do diploma em comparação com os seus homólogos não móveis, e um em cada três estudantes que fazem estágios no estrangeiro, tem uma oferta de emprego da sua empresa de acolhimento.
No que concerne especificamente à Europa do Sul, região geográfica onde se inclui o nosso país, é estandardizado que o Erasmus cria uma vantagem substancial para a carreira, emprego e vida pessoal dos estudantes e promove as atitudes empreendedoras mais do que em qualquer outra região da Europa. Pelos dados apresentados em diversos estudos, constata-se que o programa Erasmus+ e a forma como está estruturado, promove o reforço das «competências essenciais» — os conhecimentos, as aptidões e as atitudes que contribuem para a realização pessoal dos alunos e para que estes possam, mais tarde, encontrar trabalho e participar na sociedade.
O AE Maximinos aderiu a este programa no período que decorreu o “Lifelong Learning Programme 2007–2013” no âmbito das parcerias entre escolas, mantendo esse hábito até ao presente, com imenso sucesso. Os nossos projetos de parceria do programa Erasmus, no âmbito da ação 2, organizam as suas atividades centradas na dimensão relacionada com o desenvolvimento das competências para o século XXI e é neste contexto, que assumem pertinência os impactos positivos dos diversos projetos do Programa Erasmus+ em funcionamento no Agrupamento, especificamente nos alunos diretamente envolvidos.

Não obstante os típicos constrangimentos financeiros e diminuta autonomia das escolas públicas portuguesas e suas lideranças, considero que demos mais um passo em frente com a aprovação recente de projetos no âmbito da ação 1, nomeadamente estágios Internacionais para os alunos do ensino profissional e formação internacional de Staff (pessoal docente e não docente) e o envolvimento da Educação Pré-Escolar, estando assim reunidas as condições para uma efetiva transformação organizacional.
O Agrupamento sempre viu a cooperação europeia como uma mais-valia de extrema importância para o desenvolvimento do seu Projeto Educativo, possibili- tando a integração de processos e metodologias que visam conferir maior qualidade à formação proporcionada aos seus alunos, através de 3 objetivos estruturantes a atingir: 1. Sucesso Escolar, Inclusão e Melhoria qualitativa das aprendizagens; 2. Gestão para o sucesso educativo; 3. Promoção da Educação / Transformação Digital.
Somos também Escola Embaixadora do Parlamento Europeu, desafiando diariamente os nossos jovens a se tornarem os melhores embaixadores da Europa, porque afinal de contas, o Erasmus+, é um dos programas de maior sucesso da União Europeia. Erasmus+ what else?

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

30 Junho 2022

Para reflexão...

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho