Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Eficiência Energética: A Tecnologia LED

As Bibliotecas e a cooperação em rede

Ideias

2013-11-27 às 06h00

Pedro Machado

A Agência para a Energia (ADENE) anunciou, a semana passada, que vai gerir uma linha de investimento de 36 milhões de euros, “para diminuir os gastos energéticos do sector público” na região de Lisboa e Vale do Tejo.
“Calcula-se que com um investimento de 36 milhões se obtenham poupanças anuais de 100 GWh, ou seja, de mais de 10 milhões de euros por ano. O investimento inicial será, assim, recuperado em cerca de três anos e meio”, garante a agência.

A ADENE diz ainda que “prestará o apoio técnico necessário para a montagem dos concursos, preparação dos cadernos de encargos”, aos organismos das administrações Central ou Local “interessados em intervir nas suas redes de energia”.
A Braval, como vem sendo habitual, aposta na proatividade e a nossa dinâmica vai de encontro a esta estratégia nacional. A Braval instalou, há cerca de 3 meses, lâmpadas LED em todas as suas instalações e já temos vindo a obter resultados positivos em termos de diminuição da fatura energética, cerca de 39% de diminuição no consumo energético das lâmpadas e de 3% no consumo elétrico global.

Posso afirmar que, apesar de tudo, a crise económica que atravessamos trouxe pelo menos aspeto positivo: a preocupação ambiental como sinónimo de poupança económica. Ora, um dos maiores gastos quer de uma habitação, quer de uma empresa ou até mesmo de uma cidade, diz respeito à energia consumida, nomeadamente através da iluminação.
Como forma de diminuir este custo, temos disponível a tecnologia LED, com inúmeras vantagens relativamente às lâmpadas quer incandescentes, quer fluorescentes, apresentadas como economizadoras. Aproveitando este espaço vou aqui salientar algumas das vantagens já comprovadas da utilização de lâmpadas LED.

Permitem uma economia de energia extraordinária - As lâmpadas LED são extremamente eficientes e permitem economizar entre 60 a 90%, se comparadas com as lâmpadas incandescentes, e 10 a 20%, se comparadas com as lâmpadas fluorescentes.
Têm um alto rendimento luminoso - O fluxo direcional das lâmpadas LED permite direcionar a luz para a área desejada, aumentando a uniformidade da luz e reduzindo manchas e pontos escuros, isto é extremamente vantajoso, por exemplo, na iluminação pública.

Tempo de vida útil mais longo - A vida útil de uma lâmpada LED é de aproximadamente 50 mil horas. Por exemplo, uma lâmpada ligada, em média, 8 horas por dia, terá uma duração de cerca de 17 anos!
Custos de manutenção mais reduzidos - Devido ao seu tempo de vida muito prolongado, as lâmpadas LED, implicam menos custos de manutenção, principalmente em grandes empresas ou na via pública, evitando a constante intervenção de equipas de manutenção para proceder à troca de lâmpadas. Esta vantagem é ainda mais evidente para lâmpadas situadas em locais de difícil acesso como pontes ou estruturas em altura.

Maior segurança na instalação e funcionamento - As luzes LED funcionam a baixa voltagem e geram um calor mínimo, proporcionando maior segurança aos utilizadores, durante a instalação e funcionamento.
Maior fiabilidade e resistência mecânica ao impacto - As lâmpadas LED resistem a grandes variações de temperatura e vibração, para além disso, não são frágeis e dificilmente partem, ao contrário das lâmpadas incandescentes e fluorescentes.
Funcionamento instantâneo - Ao contrário das lâmpadas fluorescentes, as LED têm um arranque rápido e não demoram a alcançar um nível ótimo de iluminação.

Proteção do Ambiente - As luzes LED produzem um calor mínimo e não emitem raios ultravioletas ou infravermelhos, assim, poderão ser usadas em monumentos ou vegetação sem causar danos. Por outro lado, são recicláveis e não contaminam o ambiente, contrariamente às lâmpadas fluorescentes que contêm mercúrio e emitem ondas eletromagnéticas nocivas à saúde a uma curta distância, por exemplo, nos candeeiros de mesa.

Alta qualidade da cor - As lâmpadas LED têm uma ampla versatilidade de cores, com elevado índice de rendimento cromático. Conseguem oferecer cores mais vivas pois não necessitam de filtros para criar luz de cor, assim, geram cores mais puras e profundas sem desperdício de energia. Serão muito úteis, por exemplo, em iluminação decorativa das ruas, como a iluminação de Natal ou outras festas.

Sistemas de iluminação inteligentes - A tecnologia LED é muito superior a todas as outras, em termos de desenho de sistemas de iluminação inteligente. As luzes LED são ideais em aplicações que requerem reguladores de intensidade luminoso, sensores, etc. A variação da intensidade luminosa, para além de permitir a economia de energia, favorece o prolongamento da vida útil das lâmpadas. Por outro lado, as lâmpadas LED podem ser ligadas e desligadas infinitamente, sem que isso prejudique o seu desempenho e tempo de funcionamento.

Espero que a aposta na eficiência energética seja cada vez maior, pois para além das vantagens económicas, traz inúmeras vantagens ambientais, fundamentais para a sustentabilidade.
Ajude-nos, ajudando-se!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

14 Dezembro 2018

Amarelos há muitos...

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.