Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Edição sobre ilustradores portugueses na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo

Maio, mestre da inquietação!

Edição sobre ilustradores portugueses na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo

Voz às Bibliotecas

2021-12-09 às 06h00

Rui A. Faria Viana Rui A. Faria Viana

Já nos referimos numa destas crónicas à divulgação da obra de artista. Na ocasião, salientámos, no campo da criação artística, a divulgação e a promoção da ilustração enquanto actividade associada à edição literária. Por isso, a obra de artista, de reconhecido valor, publicada em livros, jornais e revistas por editoras e instituições nacionais e estrangeiras, foi o tema que esteve na origem do desenvolvimento de um projecto de exposições, designado de “Exposição da Obra Gráfica de Artista”, que tem merecido grande destaque na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo.

Quando em Maio de 2013 realizámos a primeira exposição sobre ilustração, ainda timidamente e a título experimental, logo concluímos que estava achado o formato para, a partir daí, desenvolvermos um ciclo de exposições temáticas sobre a obra gráfica de artista, prolongando-se até aos dias de hoje graças ao interesse que tem despertado.
Esta iniciativa, que se tem evidenciado pela sua coerência e, também, pela sua consistência, que tem dado espaço e tempo à ilustração e aos artistas portugueses, conta desde a primeira edição com a direcção artística e coordenação de Tiago Manuel que muito tem contribuído para o seu bom êxito.
A realização deste ciclo expositivo é uma aposta cultural importante da Câmara Municipal de Viana do Castelo que deverá manter-se atendendo ao seu enorme valor cultural. Através dele, pretende-se fomentar no público um firme conhecimento na área da ilustração e despertar maior interesse pelas artes visuais. Divulgar a ilustração portuguesa, promover os artistas e construir novos leitores, são as premissas essenciais em que assenta esta iniciativa.

De 2014 a meados de 2021, Viana do Castelo conheceu muito do que podemos considerar como a excelência da ilustração portuguesa e contactou de perto com alguns dos autores contemporâneos mais respeitados nesta área das artes visuais. Agora, com a vontade de perpetuar os momentos altos vividos neste período, a Biblioteca Municipal decidiu reunir em livro, que apresentou em Junho deste ano em parceria com a editora Arranha-Céus, os ilustradores que passaram pelo seu espaço expositivo. Assim, ao longo deste livro, que muito se assemelha a um álbum, num formato de 29X25 cm e com excelente aparato gráfico, encontramos 352 páginas dedicadas à obra de João Fazenda, André Carrilho, Luís Manuel Gaspar, Cristina Valadas, João Vaz de Carvalho, Isabel Baraona, Miguel Rocha, Daniel Lima, Ana Biscaia, Cristina Sampaio, Luís Afonso, Maria João Worm, Evelina Oliveira, Sebastião Peixoto e Marta Madureira. Além disso, esta edição surge enriquecida com belíssimos trechos de diferentes especialistas que contextualizam a obra de cada artista.

De salientar que, Tiago Manuel, director artístico, na “nota de apresentação” desta edição refere que «a Biblioteca Municipal de Viana do Castelo é até hoje a primeira no país a realizar exposições dedicadas à ilustração portuguesa com um caráter constante, promovendo visitas guiadas com os artistas e editando pequenas monografias sobre as suas obras destinadas ao público e aos estudantes dos ensinos básico, secundário e superior. (…) Aqui os artistas têm rosto e conhecem os destinatários das suas obras».

Muito bem recebido pelo público e até pela crítica, João Ramalho Santos no “Jornal de Letras” (6/19 out 2021), sobre esta edição, diz que «para além de ajudar a preservar o que são momentos efémeros, ressalta uma enorme qualidade ecuménica, não confinada a um estilo, a um tipo de abordagem». Por seu turno, Sara Figueiredo Costa na “A Revista do Expresso” (17 set 2021) escreve: «este livro foi pensado para um público atento à ilustração portuguesa e exigente naquilo que lhe é dado a ver. (…) é um catálogo cuidado e plural do que melhor se tem feito na ilustração portuguesa, nas suas múltiplas criações e interações editoriais».
Trata-se, de facto, de uma publicação enriquecedora para a cultura vianense e nacional.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho