Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Dieta Mediterrânea: Muito mais que saber comer

Para reflexão...

Dieta Mediterrânea: Muito mais que saber comer

Voz à Saúde

2022-06-07 às 06h00

Cátia da Silva Teixeira Cátia da Silva Teixeira

A Dieta Mediterrânica, património cultural imaterial da humanidade, traduz-se num dos padrões alimentares mais saudáveis e sustentáveis do mundo, deve ser utilizada como uma ferramenta promotora de um estilo de vida saudável e de hábitos alimentares equilibrados. O padrão alimentar da dieta mediterrânica, (característico dos países da bacia do Mediterrâneo) está associado a uma maior longevidade, melhor qualidade de vida e à diminuição do risco de desenvolvimento de doenças crónicas não transmissíveis.
A dieta mediterrânica é mais do que uma dieta e do que simples orientações dietéticas, é também um modelo cultural, um estilo de vida e um padrão alimentar com características próprias, que privilegia o aumento do consumo de produtos de origem vegetal, o consumo de produtos frescos, pouco processados, sazonais e locais.
Nas refeições principais o consumo frequente de peixe e o consumo moderado de ovos deve ser a escolha de eleição em detrimento do consumo de carnes. A bebida de eleição é a água e o consumo de um copo de vinho à refeição deve ser reduzido. O azeite é a gordura de eleição que deve ser preferida a sua utilização para temperar e cozinhar. Na cozinha, a dieta mediterrânica comtempla a utilização de métodos de confeção simples que preservam o valor nutricional dos alimentos e que respeitam e promovem as receitas tradicionais, os costumes e os hábitos, nomeadamente as sopas, os cozidos e caldeiradas
O estilo de vida não só não é esquecido como é um dos pontos chave. As relações interpessoais, o convívio à mesa, as refeições em ambiente calmo e tranquilo, as receitas que passam de geração em geração. São promovidos hábitos saudáveis como um estilo de vida ativo, a pratica regular de atividade física e um sono e descanso adequados. Além de promover a saúde e o bem-estar, outros dos benefícios da Dieta Mediterrânica estão relacionados com o facto deste padrão alimentar proteger e respeitar a biodiversidade, ter um baixo impacto para o meio ambiente, promover a sustentabilidade, otimizar os recursos naturais e humanos e contribuir para a segurança alimentar e nutricional.
Para além de ser um dos padrões alimentares mais saudáveis do mundo, parece também ser a melhor forma de ter uma alimentação económica conseguindo poupar dinheiro, ao mesmo tempo que investimos na nossa saúde.
Não se esqueça: a prevenção é a melhor saúde!

Deixa o teu comentário

Últimas Voz à Saúde

04 Junho 2022

Dia Mundial da Bicicleta

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho