Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Dicionários e Prontuários

A saia comprida

Dicionários e Prontuários

Escreve quem sabe

2019-11-03 às 06h00

Cristina Fontes Cristina Fontes

Alguns erros ortográficos evitar-se-iam se quem escreve consultasse um dicionário ou um prontuário. A certa altura, todos nós temos dúvidas sobre a grafia de uma palavra. É perfeitamente natural que assim seja e não há que ter vergonha disso.
O que me parece menos aceitável é haver páginas institucionais e publicitárias com erros ortográficos (e outros) facilmente evitáveis pela consulta de obras de referência, muitas delas já em rede. Há uma grande diferença entre gralha  e erro. Gralha é quando erramos a palavra, mas sabemos como se escreve corretamente.

Há um par de palavras que é várias vezes maltratado: “descanso” e “cansaço”. Talvez por aproximação, não é raro vermos “descanço” e “cançaço”.
Na página de vendas online da FNAC, anuncia-se um “Descanço para Cabeça” (em https://www.fnac.pt/mp9819592/Descanco-para-Cabeca-Seatsleepers-Verde, acedido em 28-10-2019). Uma loja de artigos ortopédicos publicita “Meias de Descanço” (em https://www.ortopedia.pt/categoria-produto/meias-medicinais/meias-de-descanco/, acedido em 28-10-2019). Este caso é mais surpreendente, pois as várias meias anunciadas têm, na sua referência, a palavra bem escrita (ex.: Collant Descanso AT – 140den Kit 1+1).

Na página de uma farmácia, lemos “(…) Multivitaminas + Minerais, ajuda no combate ao cançaço” (em https://www.farmaciavitoria.pt/pt-pt/loja-online/viterra-classico-multivitaminas-e-minerais, acedido em 28-10-2019); na de um centro de bem-estar, dizem-nos que uma massagem linfática “diminui o cançaço e dores nas pernas.” (em https://www.esposende 2000.pt/pt/20-day-spa-servicos/ 4-estetica/, acedido em 28-10-2019).
Volto, agora, a outro par muitas vezes mal grafado: “com certeza” e “de repente”.

“Com certeza” é uma locução adverbial, formada pela preposição “com” e pelo nome “certeza”. Jamais escreva “concerteza”, essa palavra não existe. Como pode, então, o Correio da Manhã fazer um título destes? – “Uma casa portuguesa (de milhões) concerteza” (em https:// www.cmjornal.pt/exclusivos/detalhe/uma-casa-portuguesa-de-milhoes-concerteza, acedido em 28-10-2019).
Não esqueça, no entanto, que “incerteza” é uma só palavra formada por derivação por prefixação (prefixo “–in” + “certeza”).

Também a locução “de repente” surge muitas vezes grafada “derrepente”, palavra inexistente na língua portuguesa. Se persistirem as dúvidas quando a estiver a escrever, e não tiver um dicionário perto, substitua-a por “repentinamente” ou “subitamente”. Costumo partilhar esta velha máxima com os meus alunos: “quando não temos cão, caçamos com gato”, referindo-me ao uso de sinónimos.
Deixo-vos com duas sugestões de dicionários em rede que podem facilmente consultar quando surgirem dúvidas: (i) Infópedia da Porto editora - https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa e (ii) Priberam - https://dicionario.priberam.org.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

28 Junho 2020

Verbos traiçoeiros

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho