Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Dia Mundial do Coração assinala-se amanhã

Sem Confiança perde-se a credibilidade

Ideias

2017-09-28 às 06h00

Paulo Monteiro

Amanhã é o Dia Mundial do Coração. Mais uma vez a Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular vem alertar os portugueses para a importância de reconhecerem os sintomas de enfarte do miocárdio e recorrerem de imediato ao 112.

Esta é a principal mensagem a passar amanhã e, no fundo, todos os dias, já que 60% dos portugueses não reconhece os sintomas do enfarte. Por isso, devemos recordá-los, pelo menos os mais comuns: dor no peito, muitas vezes com irradiação para o braço esquerdo, costas e pescoço, acompanhadas de suores, náuseas, vómitos, falta de ar e ansiedade. Estes sintomas, normalmente, duram mais de 20 minutos, mas também podem ser intermitentes, como podem ocorrer repentinamente ou gradualmente ao longo de vários minutos...

Quando isto acontece o mais importante é ligar logo para o 112 e nunca tentar chegar ao hospital ou centros de saúde pelos seus próprios meios. É que o 112 (número de emergência médica) tem ambulâncias equipadas com aparelhos que registam e monitorizam a actividade do coração e permitem diagnosticar o enfarte.

‘Stent Save a Life - Não perca tempo. Salve uma Vida’ é o lema da campanha promovida em Portugal pela Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular. O objectivo é melhorar a prestação de cuidados médicos, a informação e salvar muitas vidas.
Mas... o primeiro é estarmos despertos para assim avaliarmos melhor os sintomas...
Um simples minuto pode salvar uma vida.
Tenha um excelente Dia Mundial do Coração.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.