Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Dia da Europa - A importância da sua celebração

As Bibliotecas e a cooperação em rede

Ideias

2018-05-03 às 06h00

Alzira Costa

No dia 9 de maio, próxima quarta-feira, celebramos o Dia da Europa. A data reflete o dia 9 de Maio do ano de 1950, e assinala o aniversário da apresentação célebre e histórica da Declaração Schuman. Declaração proferida, em Paris, pelo estadista francês, então Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Robert Schuman, e que ainda hoje mantém a sua atualidade.
Pela sua importância, transcrevemos 3 citações:
(…) “A paz mundial não poderá ser salvaguardada sem esforços criativos que estejam à altura dos perigos que a ameaçam.”
(…) “A Europa não se fará de uma só vez, nem de acordo com um plano único. Far-se-á através de realizações concretas que criarão, antes de mais, uma solidariedade de facto.”
(…) “A colocação em comum da produção de carvão e de aço (...) mudará o destino das regiões durante muito tempo condenadas ao fabrico de armas de guerra, das quais foram as principais vítimas.”
Esta declaração, ostentava um plano preparado por Jean Monnet, seu cola-borador e inspirador, e visava, primordialmente, uma cooperação aprofun-dada entre o eixo franco-alemão com o objetivo primeiro de evitar novas guerras. Foi apresentada e defendida a ideia de criação de uma instituição europeia encarregada de gerir em comum a produção do carvão e do aço. Em menos de um ano, era assinado um acordo que criava uma entidade com essas funções – o Tratado que institui a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (Tratado CECA) e as matérias primas da Guerra transformaram-se em instrumentos de reconciliação e de paz.
Hoje, depois de no ano passado termos celebrado os 60 anos da assinatura do Tratado de Roma (assinado a 25 de março de 1957), embora a paz seja uma realidade nos países da União Europeia (UE), onde os cidadãos vivem em democracia e liberdade, não podemos afirmar que a paz se pode dar por garantia. A manutenção e a consolidação da paz estabelecida entre os Estados-Membros têm de ser identificados como objetivos primordiais da União Europeia, assim como a promoção dos valores humanitários que os europeus promovem e partilham. A UE defende uma visão da humanidade assente num modelo de sociedade apoiado pela grande maioria dos cidadãos, que tem presente os direitos humanos, a solidariedade social, a livre iniciativa; o direito a um ambiente protegido; o respeito pela diversidade cultural, linguística e religiosa, bem como uma síntese harmoniosa entre a tradição e o progresso.
Neste âmbito, lembrar que 2018 é o Ano Europeu do Património Cultural, sob o lema «Património: onde o passado encontra o futuro». O Ano Europeu do Património Cultural pretende incentivar mais pessoas a descobrir e explorar o património cultural da Europa e reforçar o sentimento de pertença a um espaço europeu comum.
Ao longo do ano, por toda a Europa serão promovidas uma série de iniciativas e eventos que permitirão aos cidadãos aproximarem-se do património cultural e desempenharem um papel mais ativo nas questões que lhe dizem respeito.
O património cultural influencia a nossa identidade e a vida quotidiana dos cidadãos. Rodeia-nos, isto porque está presente nas vilas e cidades, nas paisagens naturais e nos sítios arqueológicos da Europa e, porque, não está apenas circunscrito à literatura, à arte ou aos objetos expostos nos museus. Está igualmente presente nas técnicas que aprendemos com os nossos antepassados, nas histórias que contamos aos nossos filhos, nos pratos com que nos deliciamos e nos filmes que vemos e em que nos reconhecemos.
O património cultural tem um valor universal para todos nós, enquanto indivíduos, comunidades e sociedades e, acima de tudo, tem um papel importante a desempenhar na construção do futuro da Europa.
O património cultural assume muitas e variadas formas: material (edifícios, monumentos, artefactos, vestuário, obras de arte, livros, máquinas, cidades históricas, sítios arqueológico), imaterial (práticas, representações, expressões, conhecimentos, competências, línguas, artes do espetáculo, práticas sociais, artesanato tradicional), natural (paisagens, flora e fauna) e digital (recursos criados em formato digital como arte ou animação digital, ou que foram digitalizados como meio para assegurar a sua conservação, como textos, imagens, registos).
As instituições europeias organizarão eventos para comemorar o Ano Europeu e promoverão o lançamento de atividades que colocarão em destaque o património cultural. Além disso, a UE financiará projetos de apoio ao património cultural e uma variedade de oportunidades estarão disponíveis ao abrigo dos programas Erasmus+, Europa dos Cidadãos, Horizonte 2020, entre outros.
A nível nacional poderá acompanhar as atividades desenvolvidas através da consulta do site do governo Português http://anoeuropeu.patrimoniocultural.gov.pt/. Poderá ainda inscrever atividades a desenvolver na V. região, permitindo assim que façam parte integrante das atividades desenvolvidas a nível nacional e, ao mesmo tempo, possam ser publicadas através deste portal.
Neste seguimento, informar que o CIED Minho tem por propósito promover um conjunto alargado de atividades, como por exemplo, ações informativas, peddy papers, workshops, sessões world café, com o objetivo de incentivar o cidadão em geral e, em particular os jovens, a descobrir, e explorar, o património cultural da região, reforçando o sentimento de pertença a um espaço europeu comum.
Se ainda não estabeleceu contacto connosco e se pretende o nosso apoio na organização de atividades na região ou entidade, não deixe de o fazer!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

14 Dezembro 2018

Amarelos há muitos...

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.