Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Curso Básico de Teatro: projeto piloto no AE André Soares

Parentalidade: desafio ou oportunidade. Saberia dizer-me?

Voz às Escolas

2018-11-05 às 06h00

Maria da Graça Moura

Curso Básico do Teatro. Um projeto piloto no Agrupamento André Soares
Ao Agrupamento da Escolas André Soares foi proposta a implementação do Curso Básico de Teatro como oferta formativa, projeto piloto apoiado pela Câmara Municipal de Braga, nomeadamente pelo pelouro da Educação. Trata-se, portanto, de um curso de ensino artístico especializado, desenhado com o objetivo de tornar a prática teatral numa oferta organizada por níveis para o primeiro ciclo e por graus do quinto ao nono ano de escolaridade. Deste modo, o desafio proposto assenta na experimentação de um programa que possibilita a formação teatral básica a alunos do quarto ano da Escola de S. Lázaro e do quinto ano da Escola André Soares, inscritos nesta oferta pedagógica, em regime de ensino supletivo nesta fase experimental e, depois do programa aprovado, em regime de ensino articulado.

Esta proposta contém um plano de estudos-modelo que contempla uma matriz curricular, uma doutrina metodológica e pedagógica, um processo avaliativo com base numa observação tripartida entre o próprio aluno, o professor e o encarregado de educação, isto é, um programa estruturado num naipe disciplinar e numa carga horária articulada nos horários escolares.
Os alunos que frequentam esta oferta terão oportunidade de adquirir conhecimentos básicos sobre a prática do trabalho de ator, assim como aprofundar conhecimentos transversais a várias disciplinas do currículo de ensino regular e desenvolver estratégias de gestão emocional, autoestima e autoconhecimento. 

O teatro tem sido ao longo dos tempos proposto como instrumento fundamental na formação e educação artística de todos os indivíduos. Em diversos encontros, conferências, seminários e congressos, a nível mundial, tem-se defendido a educação artística como uma prioridade na educação. O Roteiro para a Educação Artística, proposto pela UNESCO, defende que a mesma deverá ser sistemática e desenvolvida durante vários anos, uma vez que se trata de um processo de efeitos a longo prazo. O teatro desempenha um papel importante na formação das crianças e dos jovens, uma vez que trabalha diferentes expressões - corporal, vocal, musical, escrita, plástica – e ajuda os alunos a desenvolverem a confiança em si e nos outros, a capacidade de trabalhar em equipa, a capacidade de argumentar, a expressividade, a concentração, a memória, a dicção, a leitura, a respiração, o estar em público, o falar em público, a criatividade, a capacidade de abstração, a escrita, o sentido estético, cultural e etnográfico.

No Agrupamento de Escolas André Soares, situado paredes meias com o Mercado Cultural do Carandá, onde a música, o teatro e a dança são oportunidades formativas de valor artístico de excelência, o curso básico de teatro, vem, primeiro de tudo, preencher uma lacuna no sistema de ensino, trazer novos estilos de aprendizagem, ajudar a combater a taxa de abandono e insucesso escolar, promover comportamentos saudáveis e equilibrados, gerar cidadãos mais cultos e possibilitar aos alunos a oportunidade de desenvolver o seu potencial criativo e intelectual ao longo do seu crescimento e da sua for-mação.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

20 Março 2019

A Escola e os Media

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.