Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Cuba, o euro e Cristiano

Portugal Menos, Portugal Mais

Ideias

2017-09-13 às 06h00

Paulo Monteiro

Ontem falei do peruano Josué Tejada e dos seus ídolos que passavam por Viriato e Fernando Pessoa. Hoje a história é outra...
Estive atento, nos últimos dias, às histórias tristes que nos chegaram da devastação que ia fazendo o furacão Irma, e da sua passagem por Cuba. Já por ali passei há uns anos e vi um povo culto e que ficava feliz quando falávamos com ele. Muitos viviam em dificuldades, mas sempre optimistas, outros ficavam felizes com o que tinham. Hoje, o panorama de Cuba é diferente, mas acredito que os cubanos continuam a ser afáveis e com uma cultura geral fora do normal...

Um dia, na Praça José Marti, em Cienfuegos entrava num café para beber algo fresco. Não demorei mais do que cinco minutos. À saída oiço alguém, por trás de uma coluna a chamar-me. Entregou-me uma caricatura que tinha feito minutos antes. Não dei por ele. Mas aquela caricatura estava magnífica. Era uma oferta...
- Mas não queres nada? perguntei eu.
- Queria apenas uma moeda de um euro para poder ver os jogos de futebol dos campeonatos europeus...

Dei-lhe mais do que um euro... mas tudo em moedas de euro que era o que ele mais pedia. A seguir começou a abrir a sua autêntica enciclopédia futebolística. De Criatiano Rolando sabia tudo de trás para a frente e da frente para trás. Não falhava nada. Descrevia o curriculum dos grandes jogadores e até falou do F.C. Porto... chegou ao detalhe de me recordar o ‘onze’ que venceu a final de 86/87 da Taça dos Campeões Europeus.

E ali estava um miúdo, com arte para o desenho e uma mente fabulosa para a história do futebol. Tudo do outro lado do Atlântico e tudo o que sabia custava-lhe um euro por dia para estar em frente ao ecrã, num qualquer lugar clandestino. Há histórias que nos marcam. E esta marcou!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.