Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +

Crianças... vamos brincar para a rua?

Inteligência emocional

Crianças...  vamos brincar para a rua?

Ideias

2020-02-24 às 06h00

Paulo Monteiro Paulo Monteiro

Os números que nos chegaram a semana passada são alarmantes. Segundo o relatório divulgado pelas Nações Unidas e pela revista The Lancet, mais de 124 milhões de crianças e adolescentes em todo o mundo eram obesas em 2016, o que significa 11 vezes mais do que há quatro décadas... A exposição das crianças a anúncios e comerciais sobre comida não saudável (‘junk food’) e bebidas açucaradas está associada a escolhas alimentares inadequadas e ao excesso de peso ou obesidade. Outra das preocupações expressas no documento é a exposição dos menores a publicidade e marketing sobre o consumo de álcool e tabaco. Por exemplo, na Austrália as crianças e adolescentes continuam a ser expostas a mais de 50 milhões de anúncios a bebidas alcoólicas durante um ano durante a transmissão televisiva de desportos. Também nos Estados Unidos tem crescido a exposição dos jovens a anúncios sobre cigarros electrónicos ou ‘vaping’, um aumento de 250% em dois anos, com a publicidade a alcançar mais de 24 milhões de menores.

Pois é... duas questões: a primeira é de que temos que trazer para a rua as crianças, provocar o exercício físico e uma vida mais saudável. Há quatro décadas atrás não ficavam fechadas dentro de casa, não havia a tecnologia que existe hoje, mas a vida era mais saudável.?Brincavam na rua, jogavam à bola e a muitos outros jogos que implicavam exercício físico. Uma segunda questão: não é por verem muitos anúncios que passam a consumir mais. Os anúncios são precisos. E um ‘junk food’ de vez em quando não faz mal nenhum. Os exageros, os excessos e a falta de prática desportiva é que sim.
Venham para a rua crianças. Brincar é saudável e não custa!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho