Correio do Minho

Braga,

- +

Control freak – serei obsessivo por controlo?

Ler, ler, ler...

Control freak – serei obsessivo por controlo?

Voz à Saúde

2021-02-16 às 06h00

Ricardo Pinto Ricardo Pinto

Embora ser um control freak (obsessivo por controlo) não seja, por si só, uma perturbação mental, existem perturbações de personalidade que são caracterizadas por tendências controladoras.
A maioria das pessoas gosta de ter algum controlo sobre certos aspetos da vida e é perfeitamente natural, dentro dos limites razoáveis. O problema começa quando uma pessoa em particular sente a necessidade de controlar não só a sua vida, como a dos outros. Algumas possuem formas subtis de expressar esse controlo, enquanto outras não se importam em torná-lo óbvio. Os control freaks costumam ser fáceis de identificar, graças à capacidade de se envolverem em quase tudo e qualquer coisa.
Outro sinal de um control freak, é a incapacidade em admitir quando estão errados. Os humanos são propensos ao erro e requer um certo nível de modéstia aceitar que estamos errados, sendo esta uma característica que falta à maioria destes indivíduos. Um motivo pelo qual as pessoas que apreciam estar em controlo consideram difícil admitir o erro, é a perceção errónea de que uma admissão é sinal de fraqueza, o que contradiz a sua autoimagem idealizada de que são melhores que outros.
Outro aspeto associado aos control freaks é a crítica, julgando de acordo com os padrões superiores que estabeleceram a si próprios, onde terão uma opinião sobre tudo, mesmo quando essa opinião é não solicitada ou desnecessária, sendo esta uma forma de obter controlo, inadequando os outros. Em alguns casos, um control freak costuma ter algum tipo de perturbação de personalidade, que os leva a comportarem-se de forma característica. Uma perturbação de personalidade é definida como um padrão de comportamento que se desvia do que é considerado normal. Para que este tipo de comportamento seja classificado como perturbação, deve manifestar-se de forma consistente, na medida em que se torna profundamente enraizado na vida e nas escolhas diárias do indivíduo.
Existem pelo menos três perturbações que podem resultar na obsessão pelo controlo, nomeadamente nos outros, que incluem a perturbação de personalidade anti-social, perturbação de personalidade histriónica e perturbação de personalidade narcisista.
Indivíduos com perturbações de personalidade anti-social, apresentam uma exagerada autovalorização e pouca empatia, pelos outros. Como tal, muitas vezes estão predispostos a controlar os outros sem sentir qualquer tipo de misericórdia ou simpatia. Quem sofre de perturbação de personalidade histriónica, por outro lado, adora atenção e faz qualquer coisa para ser o centro das atenções. Devem estar no controlo total do acontecimento, mesmo que signifique usar a mentira para obter a atenção desejada, atenção essa que se caracteriza como o meio e resultado do controlo que possuem sobre os outros. No caso dos narcisistas, estes adoram controlo dada a crença que são melhores do que qualquer outra pessoa, detendo esse direito. No trabalho ou relacionamentos pessoais, a única resposta que aceitam receber às próprias abordagens é “sim”, uma vez que alimentam o desejo interminável de ser o melhor destaque.
Existem métodos de gestão e formas a adotar para que uma pessoa se torne menos controladora e descontraída, mas a decisão terá de partir da própria e, quando aceite, profissionais de saúde especializados estão sempre disponíveis a ajudar.
Lembre-se, cuide de Si! Cuide da Sua saúde!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho