Correio do Minho

Braga, terça-feira

Chegou o calor e com ele a inevitável vontade de emagrecer

À espera do S. Geraldo e da política cultural

Voz à Saúde

2018-04-25 às 06h00

Cláudia Borges

Mais uma vez, promessas de perdas de peso milagrosas, na internet, em revistas ou montras de farmácias. São produtos e mais produtos, dietas e mais dietas, todos com, alegadamente, efeitos rápidos! Alguns já experimentaram, outros conhecem quem já tenha experimentado e sabem que, na sua maioria, são ineficazes, mas o desejo de uma silhueta mais magra é mais forte e, uma vez mais, leva as pessoas a uma nova tentativa, como se da última vez não tivesse resultado por um qualquer motivo estranho. É mais uma esperança, quase sempre seguida de mais outra frustração. Quando alguém é submetido a uma restrição calórica rigorosa, a tensão e a ansiedade são consequências comuns que, não raro, culminam em compulsão alimentar, o que leva o indivíduo a engordar de novo. Se comermos abaixo do metabolismo basal (energia mínima de repouso necessária ao funcionamento do nosso corpo) iremos seguramente perder massa muscular que é aquela que nos faz gastar mais calorias. Logo, quando começarmos a comer mais, além da elevação no valor calórico, teremos uma diminuição do gasto calórico, o que resultará num aumento rápido ou mesmo brusco do peso. Além de que esses produtos ou dietas ioiô não ensinam a mudar hábitos alimentares e é isso que permitirá manter o peso daí para a frente. Por isto, deve fazer uma reeducação alimentar, a melhor forma de perder peso com saúde e resultados a longo prazo.

Coma de 3 em 3 horas, pois aumenta o metabolismo, a absorção de nutrientes e iremos transformar o alimento em pura energia e não em gordura.
Reduza as gorduras saturadas, escolha as carnes magras e produtos lácteos com baixo teor de gordura.
Evite alimentos processados, cheios de açúcar, sal e gordura, este tipo de alimentos são a causa de várias patologias como diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares, entre muitos outros.
Aposte em lanches saudáveis, fruta combinada com proteína (queijo, iogurtes, gelatina) e privilegie as opções integrais dos alimentos (pão, bolachas, cereais)
Vegetais e frutas, quanto mais colorida for a sua alimentação mais vitaminas terá.
Hidrate-se sempre. Água, chás sem açúcar, o importante é que beba pelo menos 1.5L por dia.
Mexa-se pela sua saúde e pela sua linha. Corrida, caminhada, ginásiotem várias opções. O importante é aumentar o dispêndio de energia, aliado a uma alimentação equilibrada. Vitamine-se, aproveite o melhor dos alimentos e perca peso com consciência e para sempre. E, mais importante adopte hábitos saudáveis para a sua vida.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz à Saúde

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.