Correio do Minho

Braga, terça-feira

As novas Micro Lixeiras

Tancos: falta saber quase tudo

Ideias

2016-11-02 às 06h00

Pedro Machado

Como perspetivava há algum tempo atrás e como já referi noutras crónicas, a privatização da receção de resíduos industriais banais iria levar ao abandono da via pública ou em locais mais ermos, deste tipo de resíduos, formando microlixeiras um pouco por toda a parte.
É uma situação lamentável!
Claro que estas situações resultam da falta de civismo, mas, por mais sensibilização que se faça, há que disponibilizar soluções de deposição legal acessíveis e dentro da nossa área geográfica.
São cada vez mais frequentes descargas ilegais de resíduos junto aos ecopontos: entulhos, monstros, têxteis, plantas, carcaças de resíduos elétricos e eletrónicos, entre outros resíduos indiferenciados. Para além da imagem horrível que esta situação causa, poderá acarretar problemas de saúde publica, prejudica a utilização dos ecopontos e obrigada a trabalhos de limpeza extraordinários dos serviços de recolha de resíduos indiferenciados, pois a Braval apenas pode recolher os resíduos recicláveis.
Como se costuma dizer que as imagens valem mais do que mil palavras, as fotografias que acompanham esta crónica documentam as razões do meu lamento.
Apelo também à co-responsabilização dos cidadãos para que não compactuem com estas situações, sempre que tiverem conhecimento de que alguém abandonou resíduos junto aos ecopontos ou noutros locais, denunciem às autoridades competentes, nomeadamente o SEPNA da GNR, o município e a Braval, para que possamos, pelo menos, minimizar o problema.
Ajude-nos, ajudando-se!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

23 Outubro 2018

Caminho perigoso

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.