Correio do Minho

Braga, segunda-feira

André Soares: fechar um ciclo de vida, abrir um novo desafio!

A pretexto de coisa alguma

Voz às Escolas

2012-06-25 às 06h00

Maria da Graça Moura

Aos ex-alunos!
A Escola André Soares vai encerrar, do ponto de vista físico, um grande ciclo de vida, que durou mais de quarenta anos e deixou uma marca de identidade muito forte na história/memória da educação da comunidade educativa bracarense. Sendo uma escola urbana, situada no centro de Braga, a mais antiga cidade portuguesa, faz jus ao seu patrono, André Soares, um notável artista bracarense do Séc.XVIII, famoso pela excelência das suas obras e criador de uma versão muito pessoal do estilo barroco-rococó.
Os alunos mais velhos lembram-se que a escola André Soares, a primeira escola básica da cidade, inaugurada em 1971/72, começou a funcionar em duas secções: a masculina, no Liceu Sá de Miranda e a feminina, num anexo da Escola Industrial Carlos Amarante. O atual edifício da escola André Soares abriu com cerca de 1900 alunos, funcionando ainda durante três anos com um anexo até ao ano escolar de 1983/84. Desde 2001 que é a sede de um Agrupamento de Escolas de grande dimensão, com cerca de 2200 alunos, integrando quatro dos grandes estabelecimentos da educação pré-escolar e primeiro ciclo da cidade.
Pela sua situação geográfica e bons acessos, a escola André Soares funcionou sempre como pólo atrativo, sofrendo grandes pressões para a integração de alunos.
A construção da sua identidade, ao longo de décadas, legitima a ideia que se tem vindo a desenvolver de uma escola atrativa, ativa e interativa e justifica os esforços que têm sido feitos nos planos pedagógico, cultural e desportivo, envolvendo não só a escola mas também as famílias, as instituições locais e os diversos grupos sociais que a rodeiam.
Os milhares de alunos que passaram pelos bancos desta estimada e prestigiada escola, devem ter enchido uma “arca” de arquivos mentais dos convívios, brincadeiras, jogos e amizades que não ficaram registados na história oficial.
Mas rememorar a vida desta escola é revisitar excelentes professores que aplicaram saberes, fazeres e práticas recheadas de sensações e de sentimentos, onde se misturaram valores como tolerância, aceitação, confiança, estímulo, admiração e descoberta que construíram o dia-a-dia de cada aluno e cujos modos de ver e sentir a escola foram determinados pelos valores, crenças, atitudes e práticas educativas que a sua identidade não ignorou.
São estas vivências e convivências, que ainda hoje constituem o imaginário coletivo, de imagens e memórias de histórias/trajetórias não apagadas que, independentemente do percurso de vida que cada aluno escolheu, lhes proporcionou um notável stock de competências que enriquecem o seu desempenho profissional, sejam médicos, carpinteiros, empregados comerciais, advogados, escritores, pintores, padeiros, funcionários administrativos, professores, engenheiros, enfim, uma grande gama de profissões que a escola se orgulha de ter marcado nos seus modos de ser e agir!
Por tudo isto, neste momento que marca o fim de ciclo da vida desta escola, vos desafio a constituírem uma associação dos antigos alunos da Escola André Soares - AAAEAS, de modo a não deixar apagar o tempo/espaço que marcou a construção da cidadania de tantas gerações!
O novo edifício, a nova escola André Soares, que vai ocupar o espaço físico da atual, será alicerçado numa força redobrada que, tendo como ponto de partida a sua própria realidade, percorrerá novos rumos, novos desafios, mas terá como referente o trabalho dignificado e dignificante que sempre a caraterizou!

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

15 Outubro 2018

Greve

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.