Correio do Minho

Braga, sábado

- +

A Semana Santa de Braga

Norte sobe no Ranking Regional de Inovação

A Semana Santa de Braga

Escreve quem sabe

2019-04-02 às 06h00

Margarida Pereira Margarida Pereira

Estamos a viver o tempo da Quaresma e, sendo ou não crente e/ou religioso, esta é uma altura culturalmente rica na nossa cidade, que se pinta de roxo.
Durante os mais de 40 dias que separam o Carnaval da Páscoa, ocorre o Lausperene Quaresmal onde mais de 20 igrejas abrem as suas portas, mostrando o que de mais valioso e bonito podem ter. Todas bem ornamentadas, muitas dessas igrejas só abrem as suas tribunas neste momento do ano, o que faz com que esta seja uma oportunidade única de se apreciar peças ímpares do nosso património.

A última semana destes quarenta dias, é a chamada Semana Santa, e a nossa já é particularmente famosa. Como já vem sendo hábito, o programa da Semana Santa de Braga é bastante diversificado podendo, assim, chegar aos mais variados públicos. Uma consequência de tamanha oferta é o aumento turístico que se sente na cidade que, especialmente nesta época, faz jus a ser a “Roma Portuguesa”. Contudo, a semana tem como ponto alto as 3 procissões que enchem as ruas do centro histórico nas noites de quarta, quinta e sexta-feira.

No dia 17 de abril sai da Igreja de S. Victor o cortejo bíblico “Vós Sereis o Meu Povo” popularmente conhecida como “Procissão da Nossa Senhora da Burrinha”. Retomada em 1998, esta é a mais recente das 3 procissões, e conta a história da Salvação, na qual se destaca a fuga para Egipto, onde a imagem da Nossa Senhora vai numa burrinha, criando assim a expressão popular da procissão da “Burrinha”.
Nos dias 18 e 19 de abril, percorrem as ruas da cidade as procissões “Ecce Homo – Eis o Senhor” e a Procissão do “Enterro do Senhor”. Todas estas procissões, além de serem um ponto culturalmente marcante na semana, são também um exemplar momento da participação dos cidadãos, começando pelos que integram as procissões, até aos que vão ver, pela fé ou pela curiosidade, são os bracarenses, juntamente com todas as entidades envolventes, que fazem com que estas tradições do século XVII cheguem até aos dias de hoje.

Para além dos bracarenses, há cada vez mais turistas que vêm conhecer de perto as tradições da Semana Santa de Braga, o que faz com que tão importante como manter as tradições, seja estarmos preparados e sabermos receber todas essas pessoas. Somos o segundo “Melhor Destino Europeu de 2019” e esse título além de prestigioso é também uma enorme responsabilidade.
A Semana Santa é um dos períodos de grande ocupação hoteleira na cidade, que por vezes parece não conseguir corresponder às expectativas. No entanto, é preciso realizar um plano organizado para o crescimento hoteleiro na cidade, e não apenas permitir a construção de edifícios hoteleiros sem ter mãos a medir, apenas por estes incluírem o restauro de alguns edifícios centrais.

É necessário ponderar projetos e analisar todas as opções possíveis. A localização, a volumetria, o choque paisagístico são alguns dos factores que devem ser tomados em consideração, pois não vale tudo apenas para termos mais investimentos hoteleiros. Afinal, se somos merecedores dos prémios é também devido à beleza do nosso centro histórico que deve ser preservado e não apenas alterado conforme seja conveniente. Não estamos contra o crescimento hoteleiro da cidade, apenas esperamos que a Câmara Municipal tenha um plano organizado, e que não valide projetos devido a uma necessidade que a cidade tem vindo a sentir. Estamos num período de reflexão, porque não reflectir sobre este crescimento também?

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

28 Novembro 2020

Ilusão verde

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho