Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +

A primeira imagem de um buraco negro

Nelinha

A primeira imagem de um buraco negro

Escreve quem sabe

2019-04-11 às 06h00

António Piedade António Piedade

No próximo dia 29 de Maio, cumpre-se o centenário da famosa observação do eclipse total do Sol por uma equipa britânica chefiada por Arthur Eddington (1882 – 1944), na ilha do Príncipe, então uma colónia portuguesa, que permitiu comprovar a teoria da relatividade geral de Albert Einstein (1879 – 1955).
Nada melhor para comemorar este centenário do que a obtenção, pela primeira vez, de uma imagem directa de um buraco negro, cuja análise está de acordo com o previsto pela teoria da relatividade geral. Einstein está de novo correcto e a sua teoria mostra verificar-se correcta em situações extremas e longínquas.

De facto, foi hoje, dia 10 de Abril de 2019, apresentado ao mundo em seis conferências de imprensa simultâneas (em Bruxelas, Washington, Santiago, Xangai, Taipei e Tóquio ) a imagem de um buraco negro que se comprova existir na galáxia M87, que situa a 54 milhões de anos-luz da Terra na direcção da constelação Virgo. O buraco negro terá uma massa entre 3,5 e 6 mil milhões de vezes a do Sol e é maior do que o nosso sistema solar inteiro!
Esta imagem foi obtida através do projecto do Telescópio do Horizonte de Eventos (EHT, na sigla em inglês) que engloba vários telescópios localizados no Arizona e Havai, nos EUA, México, Chile, Espanha e Antárctida, França e Gronelândia. Este projecto resulta de observações e análises de dados contínuas desde 2012, efactuadas por mais de 200 cientistas. Os resultados científicos foram publicados em seis artigos na revista The Astrophysical Journal Letters.
Um desses artigo de acesso livre é o seguinte: https://iopscience.iop.org/article/10.3847/2041-8213/ab0ec7?fbclid=IwAR0FvK3SYwRKNVCnSWG83xRGvG4hJRaYKNgTtyy5No7WO9V3kpwNhtz2Qx8

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.