Correio do Minho

Braga, segunda-feira

A Educação para a Saúde na ESCA

A pretexto de coisa alguma

Voz às Escolas

2010-12-13 às 06h00

Hortense Lopes dos Santos

Na Escola Secundária Carlos Amarante procuramos alertar a comunidade educativa para a promoção de hábitos saudáveis ao nível da alimentação e estilos de vida.
Apesar de estarmos próximos da época natalícia que como todos sabemos, é propícia a excessos alimentares, não é demais lembrar alguns aspectos que temos cuidado aqui na escola.

Temos vários projectos em curso na ESCA relacionados com as actividades no âmbito da Educação para a Saúde, que promovemos ao longo do ano lectivo.
Começamos por referir a cantina escolar que tem registado um aumento significativo do número dos almoços servidos diariamente. Referimos que o almoço da cantina é cozinhado pelas nossas funcionárias, servindo refeições saudáveis e apresentando ementas que procuram também ir de encontro ao gosto dos alunos, o que como todos sabemos, não é fácil.

Fizemos um estudo dos lanches dos alunos e alertamos para a necessidade de aumentar o consumo de produtos saudáveis, nomeadamente fruta que é fornecida no bar, surgindo como alternativa aos outros produtos alimentares.

Muitas das actividades em projecto e em desenvolvimento nesta área resultam de diversas parcerias.
Salientamos, por exemplo, a prestimosa colaboração do Hospital de Braga que colabora nas actividades ligadas à saúde, nomeadamente na prevenção dos erros alimentares, com acções concretas junto dos alunos e divulgação através de cartazes e outra informação escrita. Trata-se do projecto EFFICAS que visa a aquisição de hábitos alimentares saudáveis e a prática do exercício físico.

Mas ainda no âmbito da Educação para a Saúde temos mais projectos e actividades ligadas à educação sexual, doenças sexualmente transmissíveis, bullying, violência, alcoolismo e consumo de substâncias psicoactivas.

Os alunos participam em palestras, assistem a peças de teatro, entre outras actividades, apresentadas na escola ou espaços exteriores cedidos por diferentes entidades.
Não posso deixar de referir outras entidades que colaboram nos nossos projectos, contribuindo para o seu sucesso: o Instituto Português da Juventude, o ISAVE, a Cruz Vermelha, a Câmara Municipal de Braga, a Universidade do Minho, a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, o Museu D. Diogo de Sousa, entre outras.

Com a concretização das actividades pretendemos que os nossos jovens se responsabilizem pela sua própria saúde, de modo que no final da escolaridade e ao longo da vida adoptem um estilo de vida saudável.

Agradecemos a todos os que nos ajudam na consecução deste objectivo e aproveitamos para apelar aos que, de uma forma ou de outra, participam no percurso formativo dos nossos alunos para continuar a nossa “obra” fora da escola. É que de pouco adiantarão as nossas acções se fora da escola os nossos alunos receberem mensagens contraditórias nestas matérias.
Procurando evitar os excessos da Quadra, desejamos a todos um Feliz Natal.

Deixa o teu comentário

Últimas Voz às Escolas

15 Outubro 2018

Greve

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.