Correio do Minho

Braga,

25 de Abril Sempre!

A vida não é um cliché

Ideias

2018-04-25 às 06h00

Paulo Monteiro

Se hoje estou aqui a escrever este Bom Dia é porque existiu um 25 de Abril.
Se todos os dias damos notícias que agradam, ou não, ao Governo, é porque existiu, há 44 anos, um 25 de Abril.
Se todos os dias centenas de cronistas que passam pelo Correio do Minho e escrevem o que lhes vai na alma, criticando este ou aquele governante, este ou aquele autarca, é porque deixamos de viver numa ditadura.
Se hoje não temos que, às tantas da madrugada, reconstruir um jornal porque os cortes do lápis azul da censura eram mais do que muitos e nos obrigavam quase a fazer um novo jornal foi porque um golpe militar derrubou a ditadura.

Se no passado, antes do 25 de Abril, existiram alguns dias que o jornal não saiu para as bancas e não foi lido pelos nossos leitores... isso foi porque a Comissão de Censura (instituída a 22 de Junho de 1926) não permitiu.
E a censura não se limitava a cortar quem dizia mal do Estado Novo (aliás, isso já todos sabiam que era censurado). O pior era quando uma simples notícia sobre um atropelamento era censurada; uma pequena nota sobre um incêndio tinha de sair do jornal; uma opinião sobre uma peça de teatro, ou um simples anúncio... tudo notícias inofensivas mas que não passavam no crivo do lápis azul. Hoje isso não acontece porque existiu um 25 de Abril. Foi há 44 anos. Era eu jovem mas lembro-me como se fosse hoje e senti essa ditadura por isso, lhe dou valor. Por isso dou muito valor à liberdade, à democracia, ao direito de opinião. Hoje temos que recordar este dia como se tivesse acontecido ontem e temos de relembrar aos nossos jovens que nasceram já em democracia o quanto é importante este dia que também nos trouxe a PAZ. Sim... porque também não nos podemos esquecer que vivíamos em guerra!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.