Correio do Minho

Braga, terça-feira

2018: um novo ano é sempre sinónimo de aumentos... ou de descidas...

Obrigado, Pedro Passos Coelho

Ideias

2018-01-02 às 06h00

Paulo Monteiro

O título pode ser enganoso porque no deve e haver muito provavelmente há mais aumentos do que descidas de preço. Aliás, nada a que não estejamos habituados ao longo dos tempos. Ainda na quarta-feira ouvimos as notícias de descidas que na maioria dos casos passaram para subidas... Falo da conta da electricidade que... ‘afinal’ só sobe de preço para quatro milhões de portugueses. Coisa pouca... A inflação em 2017 deverá andar à volta dos 1,4%. A maioria dos preços acompanham este valor...

A energia - já aqui falei no final do ano - aumenta 2,35%). As portagens - como sempre todos os anos -, sobem desta feita 1,4%. O mesmo valor da inflação. As bebidas alcoólicas entre 1,4 e 1,5%. O IUC em 1,4%. O Imposto Sobre Veículos sobe 1,4%... As rendas 1,2%.
E... os transportes públicos que por decisão do Governo podem ser aumentados até ao máximo de 2,5%.
Há a destacar, no entanto, a descida de cerca de sete mil medicamentos, o facto das famílias irem gastar menos dinheiro na educação dos filhos pela gratuitidade dos manuais escolares e da sua extensão até ao 2.º Ciclo (uma prática que já vinha sendo seguida por diversas autarquias). Em relação às telecomunicações tudo se mantém inalterado, para já.

Há ainda o facto de residualmente em alguns concelhos, existirem alterações de preços no que diz respeito a impostos ou mesmo da tarifa da água que, por exemplo, em Braga, baixa 2,5%.
Vejamos o que irá ainda acontecer. Mas o certo é que mudança de ano é sempre sinónimo de mais aumentos, do que descidas de preços.
Tenha um excelente 2018.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

20 Fevereiro 2018

Nós somos um Rio

20 Fevereiro 2018

Termas Norte de Portugal

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.