Correio do Minho

Braga, terça-feira

Vila Verde: Alargamento da Rede de Saneamento de Cervães
Mais um acidente grave em cascata no Gerês

Vila Verde: Alargamento da Rede de Saneamento de Cervães

Santa Casa de Cerveira duplica capacidade de jardim de infância

Cávado

2018-05-16 às 20h45

Redacção

Estão em curso as obras de instalação de infraestruturas de saneamento, na freguesia de Cervães, num investimento global de cerca de 1 milhão de euros.

A Câmara Municipal de Vila Verde elegeu o alargamento e melhoria da rede de tratamento de águas residuais como uma das grandes prioridades para o desenvolvimento estratégico do concelho e está já em curso a concretização dos principais projetos elaborados para o efeito.
 
Fruto de um apurado trabalho de planeamento que permitiu preparar um número considerável de candidaturas a fundos comunitários, o Município de Vila Verde propõe-se fazer chegar, até 2019, o saneamento básico a cerca de 75% dos lares concelhios.
 
O elevado volume de obras que se encontra no terreno, apesar de alguns incómodos que não deixa de causar, condicionando a circulação nas artérias onde estão a certa abertas as valas necessárias para a instalação das infraestruturas, vai refletir-se numa significativa elevação da qualidade de vida das pessoas e na preservação do equilíbrio ambiental.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Dr. António Vilela, e o Presidente da Junta de Freguesia de Cervães, Eng. Hélder Forte, realizaram uma visita de acompanhamento das obras e constataram a satisfação das pessoas com a possibilidade de, a breve trecho, optarem pela ligação do saneamento básico às suas residências.          

O Dr. António Vilela releva que "em contraciclo com o manifesto desinvestimento público do atual Governo, o Município de Vila Verde está a dar um grande contributo para a melhoria das condições de vida da população local, investindo em obras estruturantes para o desenvolvimento sustentável do território concelhio."
  
O mesmo Edil sustenta que "o alargamento da rede de tratamento de águas residuais é, hoje, um imperativo e condição essencial para o concelho de Vila Verde prosseguir no sentido da modernização e da elevação da sua atratividade."

O Dr. António Vilela considera ainda que "Vila Verde, no presente mandato, vai crescer e afirmar-se como uma terra de oportunidades com base em três pilares fundamentais: o alargamento e melhoria das redes de saneamento básico e de abastecimento público de água; a reabilitação urbana e uma firme aposta na mobilidade e nas acessibilidades."

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.