Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Viana na Assembleia Geral da CCAA
Triatlo Nocturno de Famalicão apesar da tempestade Leslie

Viana na Assembleia Geral da CCAA

Francisco Silva volta à selecção nacional sub-21

Economia

2018-06-18 às 17h00

Redacção

Viana do Castelo aderiu à Conferência das Cidades do Arco Atlântico, instituição que representa atualmente mais de cem entidades locais e sete milhões de habitantes da faixa atlântica europeia, em Abril de 2014.

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e presidente da Conferência de Cidades do Arco Atlântico (CCAA), José Maria Costa, marcou presença na Assembleia Geral da CCAA, que aconteceu em Donostia/San Sebastián, Espanha, onde foi debatido 'O Pressuposto Europeu posterior a 2020: desafios e cenários pós-Brexit para as Cidades Atlânticas'.

No encontro, as cidades atlânticas aprovaram a Carta de San Sebastián, onde mostram que as autoridades locais estão focadas no projeto europeu, para vincular os cidadãos com as instituições europeias.

Na Assembleia Geral foi aprovado um cenário de política de coesão para todas as regiões da Europa, bem como o apoio à criação de estratégias para desenvolvimento local e desenvolvimento urbano sustentável.
Foi ainda aprovado um esforço conjunto para simplificar as normas administrativas para a gestão e controlo dos fundos e dos programas.

As cidades do Arco Atlântico querem uma Europa mais inteligente, que tenha como objetivos estratégicos a investigação e inovação, digitalização e competitividade das Pequenas e Médias Empresas.

Querem uma Europa mais ecológica e com baixa emissão de carbono, uma Europa mais conectada e digital, com mobilidade mais sustentável, mais social e próxima dos cidadãos.

Viana do Castelo aderiu à Conferência das Cidades do Arco Atlântico, instituição que representa atualmente mais de cem entidades locais e sete milhões de habitantes da faixa atlântica europeia, em Abril de 2014.

É uma rede que trabalha com diferentes instituições para promover o papel das cidades na Europa e destacar a especificidade do Arco Atlântico. Constituindo uma rede de cooperação territorial, visa promover a vocação marítima da costa atlântica europeia, o modelo urbano europeu, o ordenamento equilibrado e a abertura internacional e cooperação entre cidades, tendo Viana do Castelo sido eleita para a presidência do Arco Atlântico em 2016.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.