Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Viana é líder nacional na produção de plásticos para sector automóvel
O Theatro Circo e muita criatividade cabem numa caixa de fósforos

Viana é líder nacional na produção de plásticos para sector automóvel

Cinco detidos pela GNR em festival

Viana é líder nacional na produção de plásticos para sector automóvel

Alto Minho

2019-07-14 às 11h16

Redacção Redacção

AUTARCA José Maria Costa afirmou num encontro sobre componentes para o sector automóvel que o concelho é o líder nacional na sua produção.

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, marcou recentemente presença no encontro ‘O cluster do sector de componentes para a Indústria Automóvel’, promovido pelo BPI Empresas, onde apresentou os últimos investimentos que têm sido efectuados no Alto Minho por diferentes produtores de componentes automóveis.
Na sessão, que contou com a presença de Tomás Moreira, da AFIA - Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel, João Pires, da João Pires Internacional Transportes, com moderação de Miguel Ribeiro, do BPI, marcaram presença empresas, associações e entidades públicas. O edil indicou que, para conquistar a fixação de novas empresas, a região apresenta como factores decisivos a qualidade de vida existente no Alto Minho, os bons serviços públicos existentes por parte das autarquias e a qualidade dos recursos humanos, resultantes da presença de escolas de formação profissional e do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) como referências para a qualificação dos recursos humanos necessários para as empresas.
O autarca afirmou que Viana do Castelo é hoje o líder nacional da produção de plásticos para o sector automóvel graças a um conjunto de empresas que se tem vindo a fixar na região nos últimos quatro anos.
José Maria Costa referiu que a instalação destas novas empresas acentuou o perfil exportador do concelho, tendo contribuído para que, actualmente, Viana do Castelo seja o 16.º município mais exportador do país, contribuindo com 1,5 por cento de todas as exportações nacionais.
O cluster automóvel tem sido também responsável, no Alto Minho, pela atracção de jovens e de quadros profissionais quer de outras regiões do país, quer de outros países, contribuindo, desta forma, para melhorar os indicadores demográficos da região.
Recorde-se que José Maria Costa já anunciou ser ambição do Município de Viana do Castelo entrar no ‘top ten’ das exportações nacionais até 2020, ano em que o concelho deverá exportar mais de 1.000 milhões de euros, correspondendo 30 por cento ao cluster eólico, 30 por cento sector do papel e 40 por cento ao sector automóvel.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.