Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Viana do Castelo inicia instalação de interpretação dos monumentos naturais
Barcelos promoveu debates sobre a Europa

Viana do Castelo inicia instalação de interpretação dos monumentos naturais

Presépio deve ser o centro das comemorações natalícias

Viana do Castelo inicia instalação de interpretação dos monumentos naturais

Alto Minho

2019-11-11 às 15h20

Redacção Redacção

O Geoparque Litoral de Viana do Castelo é um projeto inserido na Agenda de Agenda e Biodiversidade, e na Agenda de Ciência e de Conhecimento estabelecidas para o quadriénio 2017-2021.

A Câmara Municipal de Viana do Castelo está a iniciar a instalação de mesas de interpretação em oito Monumentos Naturais classificados. Esta sexta-feira, foi realizada a instalação no Monumento Natural dos Pavimentos Graníticos da Gatenha, na freguesia de Afife, área com cerca de 27 ha e que será contemplada por um painel de acolhimento e duas mesas de leitura de paisagem, flechas direcionais, para além de marcas numéricas instaladas ao nível dos vários afloramentos com valor científico, permitindo uma interpretação mais aprofundada do valor conservado.

Entre outros interesses, este monumento natural é essencial na compreensão dos mecanismos que permitem a formação de paisagens graníticas de blocos em bola e estão também conservados afloramentos com minerais como a Hiddenite, uma piroxena com uma cromatização rara (verde), considerando-se uma variedade com potencial gemológico. Existem também outros minerais como a espodumena, a albite, a lepidolite, o berilo e a turmalina, com valor turístico e didático. É importante referir que este monumento natural é dos dois do concelho de Viana do Castelo onde está preservada a praia ancestral do último interglaciar conhecido no planeta, hoje à cota de 5 metros, período quente que ocorreu há cerca de 124100 anos.

O Geoparque Litoral de Viana do Castelo é um projeto da Câmara Municipal para o desenvolvimento sustentável do concelho de Viana do Castelo, baseado na conservação de sítios geológicos de relevante importância e inegável beleza, com evidente interesse histórico-cultural e biodiversidade. A candidatura que está em preparação para integração da Rede Mundial de Geoparques da UNESCO, é sustentada no facto de Viana do Castelo constituir um território rico do ponto de vista do Património Natural e Cultural, com cerca de 4.800 hectares especificamente designados para a proteção de habitats da fauna e da flora (3 sítios de importância comunitária da Rede Natura 2000), sendo o único concelho do país com o inventário do património geológico concluído e devidamente classificado como 13 monumentos naturais, perfazendo uma área total de cerca de 2.832 hectares.

A instalação da infraestrutura de interpretação que agora se inicia é suportada em investimento FEDER promovido pelo PO Norte 2020 no valor aproximado de 200 mil euros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.