Correio do Minho

Braga, sábado

Vaudeville Rendez-Vous recebeu mais de 15 mil visitantes em 4 dias
Um dos perigos do futuro é que a política vire religião

Vaudeville Rendez-Vous recebeu mais de 15 mil visitantes em 4 dias

Sérgio Machado dos Santos dá nome a sala de actos da Escola de Direito

Vale do Ave

2018-08-02 às 20h01

Redacção

Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão acolheram 21 apresentações e várias atividades paralelas, reunindo mais de 60 artistas

A quinta edição do Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous chegou ao fim. Durante quatro dias, o evento – promovido pelo Teatro da Didascália – reuniu mais de 15 mil pessoas nas praças e espaços públicos de Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão, superando as expectativas da organização. Aquele que é considerado o mais influente festival de circo contemporâneo do norte do país acolheu 21 apresentações dos 10 espetáculos programados – três estreias absolutas em coprodução e quatro estreias nacionais –, reunindo mais de 60 artistas portugueses e internacionais.
 
O Vaudeville Rendez-Vous – reconhecido pelo júri internacional do Europe For Festivals/Festivals For Europe (EFFE), com o selo EFFE Label 2017-2018 – faz parte das redes internacionais Circostrada e CircusNext e tem como missão a sensibilização da comunidade para as artes circenses e a formação de novos públicos. Por isso mesmo, para além dos espetáculos, a edição deste ano contou com diversas atividades paralelas, como foi o caso das oficinas de malabarismo, equilíbrio e acrobacia aérea que estiveram abertas a todos os curiosos, assim como o debate com o tema “O que fazer com esta nova vaga?”.
 
Para além disso, o Festival Internacional Vaudeville Rendez-Vous tem também como objetivo promover criadores nacionais fora de portas, proporcionado um momento de encontro entre estes e programadores estrangeiros convidados. O Showcase é, assim, uma iniciativa já consolidada no panorama cultural, permitindo o intercâmbio de propostas desenvolvidas ou em fase de desenvolvimento. Finalmente, e de forma a dinamizar a zona do Minho e capitalizar a procura turística, o evento integrou várias sugestões culturais a serem realizadas em Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão. O Festival estará de regresso no próximo ano, durante o mês de julho, em datas ainda por confirmar.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.