Correio do Minho

Braga, quinta-feira

União de Freguesias de Mazarefes e Vila Fria com investimento de 2 milhões em água e saneamento e obras variadas
ADE vence Torneio de Pais organizado pelo Município de Esposende

União de Freguesias de Mazarefes e Vila Fria com investimento de 2 milhões em água e saneamento e obras variadas

“Verdadeiro parque ecológico” traz nova dinâmica ao Picoto

Alto Minho

2019-01-23 às 13h14

Redacção

Durante a visita, o vereador visitou as obras que estão a ser executadas nas redes de água e saneamento, num investimento de 1,3 milhões de euros. Estão também a ser investidos 590 mil euros na requalificação de edificado e envolvente, no alargamento e reabilitação de pavimentos em vários arruamentos, quer em Mazarefes quer em Vila Fria. Em Mazarefes, estão ainda a ser investidos 150 mil euros na construção da Capela Mortuária.

O vereador da Coesão Territorial na Câmara Municipal de Viana do Castelo, Luís Nobre, visitou a União de Freguesias de Mazarefes e Vila Fria para avaliação e visita a obras executadas e em execução, no valor global de mais de 2 milhões de euros.
Durante a visita, o vereador visitou as obras que estão a ser executadas nas redes de água e saneamento, num investimento de 1,3 milhões de euros. Estão também a ser investidos 590 mil euros na requalificação de edificado e envolvente, no alargamento e reabilitação de pavimentos em vários arruamentos, quer em Mazarefes quer em Vila Fria. Em Mazarefes, estão ainda a ser investidos 150 mil euros na construção da Capela Mortuária.
Luís Nobre reuniu ainda com o executivo da União de Freguesias para projetar ações futuras, como a Rotunda de Mazarefes, o reperfilamento da Estrada Municipal (curva do Vitorino) e a demolição e reconstrução da Capela de Repouso em Vila Fria. Está também prevista a requalificação dos balneários do clube Vila Fria 1980, a regularização do loteamento Monte da Ola, o novo arruamento de acesso ao Centro de Atletismo de Mazarefes e ainda a requalificação do censitário mais antigo do Cemitério de Mazarefes.
Recorde-se que as Grandes Opções do Plano para o exercício de 2019 reafirmam as linhas de atuação de acordo com a estratégia clara e consistente que aposta na reabilitação urbana, na coesão social e territorial das freguesias, na educação, no acolhimento empresarial, na cultura e na economia do mar, mas também numa administração e numa gestão muito rigorosa dos dinheiros públicos e de grande esforço na poupança corrente.
A política de coesão territorial e o desenvolvimento das freguesias está a ser continuada e aprofundada em 2019 com um aumento de 3% na transferência de verbas com a colaboração com as Juntas e Uniões de Freguesia em projetos de formação e inovação digital, possibilitando a todos os que querem viver nas áreas periurbanas ou nas áreas rurais tenham a mesma qualidade de vida das pessoas que habitam na área urbana.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.