Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Todos os caminhos... vão dar às Sete Fontes
Nomeados para Melhor Treinador da Gala de Braga

Todos os caminhos... vão dar às Sete Fontes

Novembro com estreias na Casa das Artes de Famalicão

Todos os caminhos... vão dar às Sete Fontes

Braga

2012-04-23 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Coordenador da JovemCoop considera que o património de Braga começa a despertar paixões e consciências. Prova disso são as inúmeras e concorridas caminhadas que têm sido feitas às Sete Fontes. Ontem, houve mais uma com cerca de cem participantes.

É caso para dizer que todos os caminhos de Braga vão dar às Sete Fontes! Nos últimos meses, intensificaram as caminhadas que têm como destino o complexo monumental do século XVIII. Ontem de manhã realizou-se mais uma, no âmbito das comemorações do Dis Internacional dos Monumentos e Sítios.

Organizada pelo Grupo de Peticionários pela Salvaguarda do Complexo das Sete Fontes e pela Junta de S. Victor, esta caminhada contou com a participação de cerca de uma centena de bracarenses.
De registar o apoio da ASPA, da JovemCoop e do Movimento ‘Um dia pela vida’ de Braga da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Firmino Marques considera que o elevado número de caminhadas às Sete Fontes que se têm realizado mostra que “este património está vivo” e que “há um gosto e uma apetência das pessoas para que as Sete Fontes sejam preservadas”.
A mesma opinião tem Ricardo Silva, coordenador da JovemCoop, que também vê com bons olhos o facto de as Sete Fontes serem cada vez mais conhecidas e vividas pelos bracarenses.

Miguel Bandeira foi ‘cicerone’ dos participantes

A Fonte do Ídolo foi o ponto de partida de uma caminhada que teve a particularidade de conduzir os participantes por dois troços das vias romanas XVIII e XVII. Ao longo do percurso, Miguel Bandeira foi dando nota de um pouco da história dos locais por onde passavam os participantes.
Além de divulgar as Sete Fontes, esta caminhada teve ainda a particularidade de divulgar e angariar verbas para o Movimento ‘Um dia pela vida’ de Braga.

As voluntárias do movimento, na sua sede localizada na Rua de S. Victor, preparam chás, café, bolos, sandes, frutas e biscoitos que venderam a preços simbólicos. Recorde-se que este movimento tem por objectivo angariar verbas para a Liga, concretamente para o apoio à investigação científica na área do cancro.

Caminhada no dia 25 de Abril

Precisamente o Movimento ‘Um dia pela vida’ aproveita o feriado de quarta-feira (25 de Abril) para realizar também uma ‘Caminhada pela vida’ que tem como destino as Sete Fontes.
A caminhada começa às 10 horas, na Arcada.

A inscrição tem o valor simbólico de um euro e os participantes podem ainda adquirir t-shirts alusivas à iniciativa por cinco euros. As inscrições podem ser feitas desde já, na sede da Junta de São Victor, ou na sede do movimento. Podem igualmente ser feitas no dia 25, meia hora antes da caminhada, na Arcada.

JovemCoop reclama regresso dos candeeiros ao Campo Novo

Cumprem-se no próximo mês de Maio quatro anos desde que foram retirados os históricos candeeiros públicos do Campo Novo (Praça de Mouzinho de Albuquerque). A JovemCoop não esqueceu que os candeeiros foram levados com o pretexto de serem recuperados porque estavam bastante deteriorados, mas considera que já é tempo de regressarem ao local porque fazem parte da história da cidade de Braga.

A JovemCoop promete também ficar atenta aos candeeiros do Largo Carlos Amarante. “A requalificação não deve nem pode sacrificar os candeeiros que fazem parte da história daquele local”, defende Ricardo Silva.
O coordenador da JovemCoop revela que esta questão dos candeeiros foi reavivada anteontem, no decorrer de uma visita ao Campo Novo no âmbito do Curso da História da Cidade de Braga que a JovemCoop e a Braga 2012: Capital Europeia da Juventude estão a promover.

Esta foi a terceira sessão do curso e foi dedicada ao período medieval e aos vestígios que ainda hoje subsistem na cidade. Durante a visita ao campo Novo surgiram logo vozes a pedir uma petição pelo regresso dos candeeiros e essa é assumidamente a próxima luta da JovemCoop.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.