Correio do Minho

Braga,

Romaria da Senhora dos Remédios está a comemorar 300 anos
D. Gualdim Pais reclamado como “herói barcelense”

Romaria da Senhora dos Remédios está a comemorar 300 anos

Mais de mil pessoas saborearam o caldo do pote em Sabariz

Vale do Ave

2018-08-30 às 23h07

Redacção

A Romaria em Honra de Nossa Senhora dos Remédios do Arco de Baúlhe celebra, este ano, 300 anos de existência.

A Romaria em Honra de Nossa Senhora dos Remédios do Arco de Baúlhe celebra, este ano, 300 anos de existência. Como tal, a Comissão de Festas preparou um programa para fazer jus a esta data tão importante, neste culto secular. O programa arrancou já no dia 24 de Agosto e prolonga-se até dia 8 de Setembro.
Hoje, a festa conta com o jantar comemorativo dos 300 anos, no qual toda a comunidade é convidada a participar, estando garantida a animação e muita música pela noite adentro.
Amanhã, para além do espectáculo de Rosinha, num dos palcos da festa, segue-se a performance do Dj Fernando Alvim, integrada no momento ‘Deejays na Rua’, que promete levar a multidão da Rua do Arco ao rubro. A música estender-se-á até ao final da noite com outros dj’s.

Sábado, dia principal dos festejos, a partir das 16.30 e até às 23 horas, decorre o Grande Encontro de Bombos. São esperados mais de uma dezena de grupos de bombos, entre os quais alguns muito conhecidos das maiores romarias do Minho: os Bombos de São Sebastião de Darque, Viana do Castelo; o Grupo de Bombos de São Lourenço, Marco de Canavezes; o Grupo de Bombos de Santo André, Amarante; o Grupo de Bombos Amigos da Borga, Fafe; entre muitos outros. No palco principal, durante a noite, acontece a actuação do grupo BandaLusa.

De 3 a 8 de Setembro, estará aberta ao público no edifício da Casa do Povo do Arco de Baúlhe, uma exposição alusiva aos 300 anos, com os vários cartazes dos programas dos últimos 20 anos da Romaria.
No dia 5, acontece a ‘Tertúlia dos 300 anos de Romaria’, onde toda a comunidade é convidada a participar, de modo a que cada um deposite, ao longo desta “conversa”, o seu testemunho sobre estes festejos.
No dia 7, a Comissão de Festas promove o Chá Dançante. Um Jantar de Gala, restrito, no qual a organização pretende homenagear todos aqueles que, de algum modo, foram importantes para a perpetuação da Romaria da Senhora dos Remédios.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.