Correio do Minho

Braga,

- +
Póvoa de Lanhoso: Prisão preventiva por roubos a idosos
Esposende integra o itinerário do Projeto educativo itinerante Creactivity

Póvoa de Lanhoso: Prisão preventiva por roubos a idosos

Boccia do SC Braga apoia a Semana da Inclusão do Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira de Neiva

Póvoa de Lanhoso: Prisão preventiva por roubos a idosos

Casos do Dia

2019-10-10 às 11h50

Redacção Redacção

Os roubos eram marcados pela violência exercida, tendo ocorrido nos distritos de Braga e Viana do Castelo. Contudo, a investigação, que se iniciou em agosto de 2018, permitiu perceber o envolvimento do detido em casos investigados noutros distritos, nomeadamente na Guarda e em Coimbra.

O Comando Territorial de Braga, através do Posto Territorial da Póvoa de Lanhoso, no dia 7 de outubro, deteve um homem de 40 anos,  pela prática do crime de roubo, no Monte da Caparica.

Na sequência de uma investigação que decorria há mais de um ano, os militares conseguiram apurar que o suspeito roubou três idosos na via pública, escolhendo as vítimas em razão da sua especial vulnerabilidade. O suspeito atuava sempre sozinho, e abordava as vítimas fazendo-se passar por familiar ou conhecido da família. Desse modo, ganhava a confiança dos idosos, facilitando a sua introdução na habitação dos mesmos e, com recurso à violência física, apoderava-se de objetos em ouro. Noutras situações, arrancava os fios e brincos às vitimas em plena via pública.

Os roubos eram marcados pela violência exercida, tendo ocorrido nos distritos de Braga e Viana do Castelo. Contudo, a investigação, que se iniciou em agosto de 2018, permitiu perceber o envolvimento do detido em casos investigados noutros distritos, nomeadamente na Guarda e em Coimbra.

Na sequência das diligências foi cumprido um mandado de detenção e de busca domiciliária, que resultou, tanto na recuperação de vários objetos em ouro, documentos e um telemóvel, como na detenção do suspeito.
O detido foi presente ontem, dia 9 de outubro, no Tribunal Judicial de Guimarães para 1º interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.
Esta ação contou com a colaboração do Núcleo de Investigação Criminal da Póvoa de Lanhoso, do Comando Territorial de Setúbal e da Unidade de Intervenção.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.