Correio do Minho

Braga,

Peregrinação ao Sameiro mobilizou milhares de fiéis
Edil quer integração das autarquias nas Administrações Portuárias

Peregrinação ao Sameiro mobilizou milhares de fiéis

EPATV: intensa pedalada ambiental pelos centros escolares de Vila Verde

Braga

2018-08-20 às 08h00

Marlene Cerqueira

Milhares de fiéis participaram, ontem de manhã, na peregrinação à Nossa Senhora do Sameiro, destacando-se a presença de muitos emigrantes. Cónego José Paulo Abreu presidiu às celebrações.

Milhares de pessoas participaram, ontem de manhã, na tradicional peregrinação de Agosto à Nossa Senhora do Sameiro. Muitos dos peregrinos eram emigrantes que aproveitaram esta celebração para dar graças pelo ano que passou e pedir protecção para mais um ano de trabalho que se avizinha.

‘Despertar a Esperança’ foi o mote para a peregrinação de ontem que começou no Bom Jesus, terminando na cripta, onde foi celebrada missa pelo vigário-geral da Arquidiocese de Braga, o cónego José Paulo Abreu.
A chegada do andor com a imagem de Nossa Senhora do Sameiro foi um dos pontos altos desta peregrinação, destacando- -se aqui a recepção que lhe foi feita por alguns dos grupos folclóricos que de tarde iriam participar em mais um ‘Bailar à Senhora’.

Aos peregrinos que na cripta assistiram à eucaristia, o cónego José Paulo Abreu pediu que redescubram a eucaristia.

Na homilia, o vigário-geral da Arquidiocese de Braga reflectiu sobre as leituras de ontem, que convidam precisamente “a redescobrir a eucaristia” realçando que esta é “o alimento” da alma e é também, sobretudo ao domingo, o momento em que a família cristã se reúne. Mais do que redescobrir a eucaristia, os cristãos foram desafiados a “redescobrir a intimidade que a eucaristia cria com Deus”.

O cónego José Abreu deixou ainda uma palavra especial aos emigrantes, notando que estes participaram em grande número nesta peregrinação.

Realçou também o facto de esta peregrinação ser “uma acção de graças” e referiu que um dos motivos para todos estarem ali era o facto “de todos terem consciência da pequenez” do ser humano e do socorro que é necessário “e sabemos que é Nossa Senhora a melhor intermediária para chegarmos Deus”.

Emília dos Santos foi um dos fiéis que ontem participaram na peregrinação. Vive há mais de trinta anos em Lyon, França, mas todos os anos volta à terra. “Apesar de estar reformada, o meu marido ainda trabalha e também temos lá os filhos”, diz, não escondendo que um dia “gostava de voltar a Portugal”, mas fica dividida quando percebe que isso vai implicar “ver menos os filhos, netos e restante família” que entretanto emigrou também para França ou já nasceu em terras gaulesas.

Religiosamente há três locais que visita durante as três semanas de Agosto que passa em Braga: o Sameiro, no dia da peregrinação, o São Bentinho da Porta Aberta e Nossa Senhora de Fátima.
No Sameiro, agradece “a Nossa Senhora pelo ano que passou” e pede-lhe “força para mais 11 meses longe daqui”. O ritual repete-se nos outros santuários que visita.
Também Gabriel Pinheiro participou ontem na peregrinação ao Sameiro. Vive na Alemanha, para onde emigrou depois de ter ficado desempregado. “Tinha lá um irmão e fui ter com ele”, conta. O primeiro ano não foi fácil, sobretudo porque deixou cá a esposa com o filho de 10 anos e a filha recém-nascida. “Foi um ano duro, mas consegui preparar as coisas para os levar comigo. Já estamos lá há cinco anos e está a correr bem”, conta, sem demontsrar sinais de querer regressar a Portugal. “Já tinha vindo ao Sameiro neste Verão, mas desta vez foi especial. É muito emocionante fazer a peregrinação, sobretudo a chegada cá cima. Para o ano vou voltar”, promete.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.