Correio do Minho

Braga,

- +
Noite memorável na antestreia de ‘Variações’
“O Gil terá de ser uma equipa sem medo” na Luz

Noite memorável na antestreia de ‘Variações’

Encontros da Imagem oferecem 32 exposições em quatro cidades

Noite memorável na antestreia de ‘Variações’

Cávado

2019-08-21 às 11h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Foi uma noite memorável aquela que Amares viveu anteontem com a antestreia absoluta de ‘Variações’. O filme sobre um dos mais famosos filhos da terra foi exibido no Parque das Termas, em Caldelas, tendo contado com milhares de espectadores.

O Parque das Termas, em Caldelas, transformou-se numa grande sala de cinema ao ar livre para a antestreia absoluta de ‘Variações’, o filme sobre a vida do amarense António Variações, que se tornou figura ímpar pela sua ousadia, pelo seu talento e pela sua determinação. Um artista que inspirou e continua a inspirar gerações.
Numa sessão que reuniu milhares de espectadores, destacou-se a presença do realizador de ‘Variações’, Sérgio Maia. do produtor do filme, Fernando Vendrell, e do actor Sérgio Praia, que interpreta o papel principal.
No final da exibição, Sérgio Praia mostrou-se satisfeito com a reacção do público, destacando a importância desta antestreia absoluta decorrer no concelho onde António Variações nasceu.
“O mais importante para mim é celebrar António Variações, a sua música e a sua terra. Por isso é que viemos cá fazer esta apresentação para as pessoas de Amares. Foi importante estarmos cá no nascimento deste trabalho”, disse.
Sérgio Praia falou ainda sobre a importância desta película na sua vida: “Foi um projecto muito importante para a minha vida, como é evidente, mas acima de tudo é uma celebração que fazemos a todas as pessoas que sonham, que saem da sua zona de conforto e vão à procura do seu sonho”.
Numa primeira reacção à antestreia de ‘Variações’, o realizador do filme, João Maia, mostrou-se “emocionado”, destacando que “foi uma noite muito bonita”.
“Espero que as pessoas tenham gostado e pareceu-me que sim. Estou muito contente”, acrescentou, revelando ainda que ficou satisfeito com o resultado final e que fez “o filme que queira fazer”, um projecto que tinha há quase duas décadas.
Com a crítica a apontar já ‘Variações’ como o “filme do ano”, o realizador foi questionado sobre a possibilidade de o filme poder ser premiado no estrangeiro ou ser o representante português para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, tendo respondi- do com uma postura realista: “Ainda estamos numa fase em que vai haver uma escolha sobre o filme português que depois será um dos candidatos ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. É um processo muito difícil. Envolve muito lobby e muitas coisas e não sei se estamos preparados para isso”.
Isidro Araújo, vice-presidente e vereador da Cultura da Câmara de Amares, também assistiu ao filme. “Gostei do filme. Traça o percurso da vida de um homem que foi à luta e que venceu, com todas as agruras e dificuldades. António Variações foi um homem que foi ele próprio. Lutou por aquilo em que acreditava. Teve um projecto de vida que é de louvar. Merece todo o nosso apoio. É um exemplo de força, de coragem, de tenacidade e de luta pelos seus ideais”, disse.
O autarca também se mostrou satisfeito pelo Município ter conseguido trazer para Amares a antestreia absoluta do filme sobre um filho da terra — António Variações nasceu em Fiscal, em 1944.
“Percebemos que ia ser difícil ter cá a antestreia, mas negociamos com a distribuidora a quantidade de espectadores e chegámos a entendimento. Foi uma atenção muito especial para com os amarenses e que muito nos enaltece. O Sérgio chorou o filme quase todo, foi uma noite de emoção”, contou.
O filme ‘Variações’ tem estreia marcada para as salas de cinema amanhã o e foca, segundo a produtora, “o processo de transformação na persona de António Variações, artista excêntrico e popular cuja carreira fulgurante foi interrompida pela sua morte”. Uma “homenagem a todos os que ainda hoje perseguem os seus sonhos aspirando transformar as suas vidas”, assim se define esta produção que está a cargo da David & Golias.
Além de Sérgio Praia, o elenco do filme conta com outros actores como Filipe Duarte, Victoria Guerra, Teresa Madruga, Augusto Madeira, Afonso Lagarto, Tomás Alves e José Raposo.
A banda sonora será editada no dia 23 pela Sony Music Portugal, um dia depois da estreia em formato físico e digital, contando com ‘Quero dar nas vistas’, tema inédito recriado por Armando Teixeira, dos ‘Balla’, propositadamente para o filme.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.