Correio do Minho

Braga,

- +
Município de Fafe aposta na protecção animal com ampliação do canil
Póvoa de Lanhoso promove Sorteio de Natal para dinamizar comércio

Município de Fafe aposta na protecção animal com ampliação do canil

Escolas que educam e são felizes têm projectos “extraordinários”

Município de Fafe aposta na protecção animal com ampliação do canil

Vale do Ave

2019-11-10 às 06h00

Teresa M. Costa Teresa M. Costa

Inauguradas ontem as novas instalações para alojamento no canil municipal de Fafe que marcam a melhoria das condições para os animais. Objectivo é melhorar ainda mais.

A protecção animal tem lugar nas políticas do Município de Fafe que ontem inaugurou as novas instalações para alojamento no canil municipal, criando condições de dignidade para 240 animais errantes do concelho.
Na inauguração, o presidente da Câmara de Fafe, Raul Cunha, assumiu que o executivo que lidera coloca, em primeiro lugar, as pessoas, mas também cuida dos animais.
Concluída esta fase, que totalizou um investimento a rondar os 316 mil euros, Raul Cunha aponta que “ainda há muito trabalho a fazer” para implementar as valências que faltam, nomeadamente o apoio logístico e a enfermaria.
Garantindo que o Município “não vai ficar por aqui”, o edil fafense afirmou que o executivo está atento a linhas de financiamento, mas assume: “se não houver financiamento teremos que alocar fundos próprios”, reconhecimento que a obra ontem inaugurada “já pesou” no orçamento municipal.
Raul Cunha sublinha, no entanto, que os direitos dos animais estão na ordem do dia e “pesam nas decisões políticas” assumindo como objectivo criar as condições para ter, em Fafe, um centro de recolha oficial.
O impulso para a obra ontem inaugurada foi dado pelo primeiro, e até agora único, orçamento participativo promovido pelo Município de Fafe.
Na altura, o projecto vencedor previa 75 mil euros para a aquisição de novas jaulas para os cães, mas o município aproveitou para “dar um salto e avançar para este projecto” que incluiu a ampliação do espaço e a construção de 40 boxes, explicou o autarca que agradeceu aos técnicos municipais que elaboraram o projecto e acompanharam a obra, elogiando o enquadramento paisagístico.
Sobre a lotação, Raúl Cunha admitiu que “qualquer estrutura destas é sempre pequena” e que “a solução do problema do abandono de animais passa muito pela educação dos cidadãos e por uma política de apoio a quem tem animais e não tem possibilidade de os manter”.
O edil fafense garantiu ainda que já estão a ser adoptadas medidas em termos de esterilização dos animais.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.