Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Manuel Tibo: “A nossa terra tem futuro se trabalharmos, se formos criativos e inteligentes”
Esposende assina contratos programa de desenvolvimento desportivo

Manuel Tibo: “A nossa terra tem futuro se trabalharmos, se formos criativos e inteligentes”

Comissão de Acompanhamento Ambiental do Sistema Eletroprodutor do Tâmega visitou espaços florestais recuperados em Cabeceiras de Basto

Manuel Tibo: “A nossa terra tem futuro se trabalharmos, se formos criativos e inteligentes”

Cávado

2019-10-21 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Terras de Bouro assinalou os 505 anos da atribuição do Foral de D. Manuel I com uma sessão solene no Museu da Geira. Homenagem ao cónego João Aguiar Campos foi o momento alto das comemorações.

“Honremos a nossa história. A Nossa terra tem futuro”. As palavras constam do discurso do presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro, Manuel Tibo, proferido ontem nas comemorações do Dia do Município.
A data, que mereceu uma sessão solene no Museu da Geira Romana, assinala os 505 anos da atribuição do Foral, pelo rei D. Manuel I, a Terras de Bouro. (1514).
Recordando a data histórica e aqueles que sempre lutaram pelo concelho, mas apontando já para o futuro, o autarca terrabourense classificou o território como uma terra de futuro.

“Acredito que o futuro está no trabalho das nossas gentes, mas também na educação, na cultura e no turismo. Sonho todos os dias que a minha / nossa terra tem futuro e que é possível vencer aquilo que hoje em dia se afigura como maior obstáculo ao seu desenvolvimento, que é a interioridade”, declarou Manuel Tibo.
O presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro lembrou ainda que o concelho tem assistido “ao desaparecimento da agricultura tradicional”. e lançou um desafio: é preciso captar gente nova. “Precisamos, pois, de arriscar e seduzir gente nova para povoar as nossa aldeias”, disse Manuel Tibo.

A solução, de acordo com o autarca, passa pela criatividade. “Só com muito trabalho seremos capazes de encontrar as melhores soluções para o nosso concelho. Precisamos de ser criativos imaginativos e inteligentes e não ter medo de arriscar. Queremos as freguesias com gente, pois é com pessoas que o concelho prospera e tem futuro”, apontou Manuel Tibo.
O ponto alto das comemorações foi a homenagem ao cónego João Aguiar Campos, natural da freguesia do Campo do Gerês e ex-director da Rádio Renascença. “João Aguiar Campos é uma inspiração para todos nós”, disse Manuel Tibo. “Que Deus vos perdoe, porque eu não mereço esta homenagem” foi a resposta emocionada do homenageado, que recebeu a Medalha de Mérito Grau Ouro do município terrabourense.
A cerimónia incluiu ainda a apresentação do livro ‘Nomadismo da Alma’, de António Cunha, e a a actuação da Banda Musical de Carvalheira.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.