Correio do Minho

Braga, sábado

Luta dos pais garante manutenção da Escola do 1.º Ciclo de Coucinheiro
União de Freguesias quer estrada do Bom Jesus na posse da Câmara

Luta dos pais garante manutenção da Escola do 1.º Ciclo de Coucinheiro

Estudantes do IPVC apelam à prevenção do cancro da mama

As Nossas Escolas

2018-08-01 às 06h00

José Paulo Silva

DEGEstE mantém Escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico de Coucinheiro, na freguesia de Palmeira, no próximo ano lectivo 2018/2019. Estabelecimento de ensino teve encerramento anunciado.

A Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE) decidiu manter em funcionamento a Escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico de Coucinheiro, na freguesia de Palmeira, garantido que foi o número necessário de inscrições para o ano lectivo 2018/2019.
Com esta decisão da DGEstE, os pais e encarregados de educação de Coucinheiro conseguiram contrariar uma decisão já aprovada em conselho geral do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda, com os votos favoráveis dos representantes da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Palmeira, que aceitaram o argumento da escassez de alunos para encerrar aquele estabelecimento de ensino.
A 20 de Junho último, Sandrina Rodrigues, representante dos encarregados de educação da EB1 de Coucinheiro, questionou o Ministério da Educação sobre “a veracidade do encerramento da nossa escola”, garantindo a existência de pelos menos 24 alunos para o próximo ano lectivo.

Na reunião da vereação de 25 de Junho, a vereadora da Educação, Lídia Dias, confirmou o parecer positivo da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Palmeira à transição dos alunos do 3.º e 4.º anos de escolaridade da Escola de Coucinheiro para a Escola Bracara Augusta, na mesma freguesia, decisão tomada no conselho geral do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda que aguardava ratificação por parte da DEGesE.
O assunto voltaria à reunião camarária de 9 de Julho e à Assembleia Municipal de 13 do mesmo mês, altura em que o presidente da Câmara Municipal, Ricardo Rio, assumiu que a EB1 de Coucinheiro continuaria a funcionar, se a DGEstE aceitasse a criação de duas turmas autónomas. A garantia foi dada depois de representantes dos pais e encarregados de educação terem pedido para o Município “reconsiderar” a posição anunciada e “mudar o discurso”.
Conhecida a decisão da DEGEstE, a CDU de Braga registou o fim de “uma batalha mais do que justa dos pais, encarregados de educação e da população de uma freguesia que recusou ver mais uma escola encerrada”.

Acrescenta esta força política que, “depois de vários mal entendidos acerca dos dados de que a Câmara Municipal dispunha na altura do parecer que emitiu, no que ao número de matrículas dizia respeito, a CDU permaneceu ao lado dos pais e encarregados de educação daquele estabelecimento escolar, que denunciaram por várias vezes o encaminhamento de matrículas para outra escola, a mesma que passaria a ser a de referência caso se desse o encerramento de Coucinheiro”.

A secção de Braga do PS, por sua vez, considerou que “esta decisão, agora conhecida, da DGEstE, vem dar razão aqueles que, desde a primeira hora, defenderam que estava cumprido o número mínimo legal de 21 alunos e que não existia nenhuma razão objectiva, nem nenhum argumento pedagógico que desse suporte ao encerramento desta escola”.
Os socialistas lembram que, na última Assembleia Municipal, os seus eleitos recordaram que a Escola de Coucinheiro ia encerrar “por proposta da Câmara Municipal de Braga, com o consentimento da Junta de Freguesia, que alegou razões de ordem pedagógica para o efeito” e que o seu encerramento teria “um enorme impacto social e cultural na naquela comunidade, retirando as crianças do seu ambiente e obrigando a alterações de horários e a deslocações desnecessárias”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.