Correio do Minho

Braga, terça-feira

Joaquim Barreto reeleito presidente da distrital do PS
‘Sexta 13’ levou milhares a Montalegre

Joaquim Barreto reeleito presidente da distrital do PS

Políticas educativas devem assentar na investigação

Braga

2018-03-12 às 09h05

Redacção

Afirmar o Distrito é o que pretende Joaquim Barreto, que foi reeleito, no passado sábado, para a Federação distrital do PS de Braga. Taxa de aprovação da lista única foi de 90%.

O deputado Joaquim Barreto foi reeleito presidente da Federação Distrital do PS de Braga com uma taxa de aprovação de 90%, revelou o candidato, que assumiu como objectivo para este mandato afirmar o distrito.
Joaquim Barreto disse à agência Lusa que considerou que a votação, realizada no sábado e que contou com a participação de mais de 1.300 militantes, decorreu dentro daquilo que era o expectável, havendo uma só lista.
O presidente reeleito apontou como linhas orientadoras para o mandato que agora inicia agregar e unir o partido, procurando fortalecê-lo para, depois, afirmar o distrito com uma outra capacidade.
Joaquim Barreto assumiu que quer ter um bom resultado nas [próximas] eleições europeias e legislativas, explicando que isso, naturalmente, será conseguir que alguém de Braga possa ter probabilidade de integrar a lista ao Parlamento Europeu.

O também deputado à Assembleia da República referiu que as eleições autárquicas de 2021 já estão em preparação, depois do resultado das últimas eleições para as autarquias no distrito de Braga terem sido marcadas por várias disputas internas, casos como Fafe, Amares, Barcelos e Cabeceiras de Basto.
Quanto à relação com o Governo, Joaquim Barreto garantiu apoio, mas avisou que estará atento.
Em comunicado, a Lista A, que se candidata a delegados ao XVIII congresso distrital federativo do Partido Socialista da concelhia de Braga, cujo primeiro subscritor é Jorge Faria, manifestou ontem em comunicado o contentamento pela excelente mobilização dos militantes da concelhia de Braga no processo eleitoral.

Na nota pode ler-se ainda: crescemos de 30% para 35% em cerca de um mês, pelo que avaliação da acção que o movimento Virar a Página no PS Braga faz é francamente positiva. Sentimos que os militantes ouvem o as nossas propostas.
A apresentação de duas listas, acrescenta o comunicado, só beneficia o Partido Socialista, pois permite aos militantes, a base do Partido Socialista, exercerem um direito de escolha em alternativa, que de outra forma é impossível acontecer. Quando há apenas uma lista única, não há debate, não há mobilização, logo não se manifestam as vontades nem escolhas dos militantes, nem o exercício da liberdade.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.