Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
João Domingues dá a volta ao argentino e vence Braga Open
Iniciativa ‘Braga Plogging’ é para continuar

João Domingues dá a volta ao argentino e vence Braga Open

Milhares assistiram ao cortejo histórico

João Domingues dá a volta ao argentino e vence Braga Open

Desporto

2019-05-13 às 16h06

Redacção Redacção

Tenista português João Domingues venceu o Braga Open, competição do ATP Challenger Tour, ao derrotar na final o argentino Facundo Bagnis por 6/7(3), 6/2 e 6/3, ao fim de 2 horas e 16 minutos, sucedendo assim a Pedro Sousa, vencedor da edição anterior.

João Domingues venceu ontem o Braga Open, competição do ATP Challenger Tour, ao derrotar na final o argentino Facundo Bagnis por 6/7(3), 6/2 e 6/3, ao fim de 2 horas e 16 minutos, sucedendo assim a Pedro Sousa, vencedor da edição anterior.
Tratou-se do segundo triunfo do jogador de Oliveira de Azeméis em torneios do circuito Challenger, ele que este ano já tinha sido finalista em Tunes, na Tunísia, desta vez frente a um jogador bem mais experiente. Recorde-se que Bagnis, atual 159.º do ranking mundial, já foi número 55, em 2016.

A jogar em casa, Domingues sentiu bem o apio do público de Braga, que encheu as bancadas do 'court' central do Clube de Ténis de Braga. Entrou bem na partida, chegando a 3-0 no primeiro 'set', mas Facundo Bagnis reagiu muito bem e encetou uma recuperação notável, reentrando no encontro que acabou por vencer no tie-break. O português, que tinha disputado dois jogos intensos na dupla jornada de véspera, reagiu muito bem, aproveitando uma ligeira quebra física do adversário. No último e decisivo set, o argentino voltou a começar melhor mas o terceiro melhor português da actualidade voltou à carga e acabar or vencer a partida.

João Domingues completou assim um mês que não esquecerá tão cedo, depois de ter sido finalista vencido na Tunísia e de ter chegado aos quartos-de-final do Estoril Open. A vitória em Braga foi mesmo a cereja no topo do bolo.
No quadro de pares, a dupla constituída pelo brasileiro Fabrício Naise pelo espanhol Gerard Granollers venceu, em pouco mais de uma hora, Kimmer Coppejans (GER) e Zdenek Kolar (CZE) por 6/4 e 6/3.


Declarações

Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga:
«A Câmara Municipal continuará a apoiar este torneio, sendo certo que este esforço tem de ser cada vez mais partilhado pelo setor privado. Ainda há pouco falava com o presidente da Federação Portuguesa de Ténis, e vamos tentar na próxima edição contar com patrocinadores que diminuam o esforço financeiro do Município. Mas esta é uma iniciativa que me parece deve ter continuidade»

Vitor Costa, presidente da Federação Portuguesa de Ténis:
«A nossa vontade é que esta iniciativa continue, depois do êxito das duas primeiras edições. Falei sobre isso com o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, e vamos continuar a trabalhar para continuar a fazer o torneio. Aliás, depois de termos dois jogadores portugueses como vencedores das duas primeiras edições, não faria sentido não continuar a fazer o Braga Open»


João Mota, presidente do Clube de Ténis de Braga:
«O Clube de Ténis de Braga está sempre interessado em realizar eventos. E nomeadamente este que é o ex-libiris do Ténis no norte de Portugal. O CTB quer continuar, com as pessoas certas, como a Câmara Municipal de Braga que muito tem apoiado, e a Federação Portuguesa de Ténis. Vamos continuar a trabalhar, vamos começar já a trabalhar para no próximo ano estarmos aqui novamente».

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.