Correio do Minho

Braga,

- +
GNR monitoriza postos de abastecimento
Casa do Professor: Novo presidente quer fidelizar e captar associados a nível nacional

GNR monitoriza postos de abastecimento

“O Gil terá de ser uma equipa sem medo” na Luz

GNR monitoriza postos de abastecimento

Casos do Dia

2019-08-10 às 06h00

Teresa M. Costa Teresa M. Costa

Patrulhas da GNR que estão no terreno têm, também, a missão de monitorizar o fornecimento de combustível aos postos de abastecimento. A partir das 0 horas de segunda-feira, a GNR irá reforçar o patrulhamento.

A GNR, na área do Comando Territorial (CTER) de Braga, está a monitorizar o fornecimento de combustível aos postos de abastecimento.
As patrulhas que estão no terreno têm a missão de monitorizar e a recolher informação para precaver eventuais incidentes, explicou ao “Correio do Minho” fonte oficial do CTER de Braga.
Face à previsibilidade dos abastecimentos aumentarem, durante o fim-de-semana, com o aproximar do início da greve, marcado para segunda-feira, a GNR reforça a atenção aos postos de abastecimento de combustível, quer integram a rede de emergência, quer não.

No distrito de Braga são 21 os postos incluídos na rede de emergência cujo fornecimento está garantido.
A corrida aos postos e a racionalização das quantidades de combustível que cada cidadão pode abastecer, fixadas no contexto de crise energética decretada ontem pelo Governo, podem originar situações de alteração da ordem pública.
A partir da meia-noite de segunda-feira, a GNR irá reforçar o patrulhamento com diversas escalas de intervenção.

Em função da evolução da situação e da greve, o efectivo será empenhado por fases, explica a mesma fonte do CTER de Braga.
Mesmo em período de férias, o CTER de Braga está preparado para convocar militares em situação de folga e, em último recurso, em situação de férias.
Os militares habilitados para conduzir veículos pesados também estão de sobreaviso e disponíveis para intervir a pedido da Autoridade de Emergência e Protecção Civil, havendo também militares do CTER formados e preparados para efectuar o transporte de matérias perigosas, em caso de necessidade, admite aquela fonte.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.