Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
GNR deteve 13 condutores com excesso de álcool
Rio não vê vantagem na criação de Ministério da Coesão Territorial

GNR deteve 13 condutores com excesso de álcool

Município de Vila Nova de Cerveira representado na 24ª Feira Internacional de Macau

Casos do Dia

2010-03-08 às 06h00

Luís Fernandes Luís Fernandes

Os 13 condutores que a GNR de Braga anunciou ontem ter detido por conduzirem com excesso de álcool no sangue, apresentam-se hoje no Tribunal Judicial de comarca para serem julgados em processo sumário.

Os 13 condutores que a GNR de Braga anunciou ontem ter detido por conduzirem com excesso de álcool no sangue, apresentam-se hoje no Tribunal Judicial de comarca para serem julgados em processo sumário.
As detenções foram efectuadas no âmbito de uma operação levada a cabo este fim de semana, em Braga, Famalicão e Guimarães.

De acordo com a informação do Destacamento de Trânsito de Braga, a operação stop decorreu entre as zero e as 6 horas de sábado e entre as 3 e as 9 horas de ontem, envolvendo 32 militares e 15 viaturas.
Nesta operação, a GNR identificou 32 condutores a conduzir sob influência do álcool, dos quais 13 foram detidos e notificados por apresentarem uma taxa de álcool superior a 1,20 gramas por litro de sangue.
No decorrer a operação, foram ainda elaborados 23 autos de contra-ordenação por infracções ao Código da Estrada.

Acidentes na estrada

Nesse mesmo período, segundo o Comando Operacional da GNR, as detenções pelo mesmo motivo, a nível nacional, foram 45, entre os 3 436 condutores fiscalizados. Por falta de carta de condução foram detidos 13, enquanto outros 7 se ficaram a dever a outros motivos, num total de 886 autuações.Dos 17 testados a nível de consumo de estupefacientes, não houve nenhum com saldo positivo.

Em matéria de acidentes de viação, ainda no mesmo período, o distrito dr Braga 27 acidentes de que resultaram 23 feridos ligeiros, num total de 264 a nível do país que causaram 82 feridos ligeiros. O distrito de Viana do Castelo, 8 acidentes, 4 feridos.
O Corvo, a mais pequena ilha dos Açores, não tem registo de um acidente de viação há quase dois anos.
* Com Lusa

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.