Correio do Minho

Braga, terça-feira

Gastronomia e artesanato dinamizam economia em Fão e Apúlia
Fernando Pimenta vence prova na China

Gastronomia e artesanato dinamizam economia em Fão e Apúlia

Clube Náutico de Prado campeão nacional de Primeiras Pagaiadas

Cávado

2018-07-13 às 14h15

Miguel Viana

Cerca de 60 mil pessoas são esperadas na Festa da Cerveja e Marisco de Fão. Apúlia acolhe no fim do mês as Jornadas Gastronómicas.

Cerca de 60 mil pessoas são esperadas na edição deste ano da XXII Festa da Cerveja e Marisco e XXI Feira de Artesanato de Fão, agendadas para os dias 4 a 13 de Agosto.

O evento, que ontem foi apresentado, significa um investimento de cerca de 150 mil euros, por parte da União de Freguesias de Fão e Apúlia, e contam com a presença de várias colectividades da freguesia.
“É o maior evento organizado por uma união de freguesias e isso deve-se ao facto da nossa ambição e ao trabalho de muita gente”, disse Luís Peixoto, presidente da Junta da União de Freguesias de Fão e Apúlia.
O autarca local destacou ainda a importância do evento para a economia da localidade.

“Nós pagamos entre 13 a 14 mil euros às pessoas que trabalham na festa. Essa é uma forma de por valor a circular na economia local. É também uma oportunidade para as associações tirarem algum proveito que depois é aplicado na economia local”, disse Luís Peixoto.

Uma nova entrada, um parque de estacionamento para 120 automóveis (junto à Pousada da Juventude) e a venda de fichas de bebidas no ‘chalet’ à entrada da vila de Fão, são as novidades da ediçao deste ano da Festa da Cerveja e do Marisco.

Sobre a Feira de Artesanato, Luis Peixoto disse que foram “mais rigorosos” na escolha dos expositores, para que não seja “uma feira de produtos transformados”.
Entretanto, a vila de Apúlia acolhe, a partir do dia 27 deste mês e até 1 de Agosto, junto ao posto de Socorros a Náufragos, a 14ª Jornada Gastronómica. O evento aproxima-se, assim, do centro da freguesia, já que “é um local mais central e que por isso vai trazer mais dinâmica comercial”, disse o presidente da Junta da União de Freguesias de Fão e Apúlia. A mudança de local permitiu criar cerca de 600 lugares sentados cobertos para os milhares de visitantes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.