Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Fernando Pimenta campeão do mundo
Desfolhada Tradicional juntou largas centenas no Parque do Mosteiro

Fernando Pimenta campeão do mundo

Tendências da Heimtextil 2019/2020 apresentadas em Guimarães

Desporto

2018-08-26 às 06h00

Rui Serapicos

Canoísta limiano venceu ontem, em Montemor-o-Velho, a final K1 1000 metros, deixando a 725 milésimos de segundo o alemão Max Rendschmidt . Hoje, Pimenta disputa a final de K1 5000

“Este é talvez o dia mais feliz da minha vida. Ainda não consigo acreditar que este momento aconteceu, aqui, com os meus melhores amigos e com a minha família”. Ainda em inglês, foram estas as primeiras palavras que ontem, em Montemor-o-Velho, Fernando Pimenta proferiu após vencer a final K1 1000 metros dos campeonatos do mundo de canoagem de velicidade.
Em declarações ao speaker da oficial Federação Internacional de Canoagem, o limiano fez questão de continuar falar em português, fazendo-se ouvir na instalação sonora para o público que o aplaudia:
“Obrigado a todos! Esta vitória é dedicada a todos vocês, e especialmente à minha família, aos meus amigos, aos meus verdadeiros amigos, que deram o corpo às balas nos momentos mais difíceis da minha carreira”.
Adiante, aludindo à prova que hoje vai disputar, de novo em K1, mas na distância de 5000 metros, Fernando Pimenta acrescentou ainda: “Está tudo em aberto, amanhã (hoje) há mais. Festejem por mim, que eu vou descansar. Obrigado”.

O canoísta contou de imediato com beijos e abraços de familiares e amigos. Muita gente da sua vila minhota estava a apoiá-lo, incluindo Victor Mendes, o presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima e o seu treinador de sempre, Hélio Lucas.
Seguiu-se a correspondente cerimónia protocolar. O público manteve-se nas bancadas de Montemor-o-Velho, efusivo e viu a bandeira nacional subir ao mastro mais alto e escutou, em sentido, ‘A Portuguesa’.
O tricampeão europeu teve um arranque em força, saindo logo na frente, fez aos 500 metros uma ligeira pausa de gestão de esforço, que permitiu alguma aproximação dos concorrentes e nos últimos 200 metros embalou para uma ponta final imparável.

Pimenta completou a prova em 3.27,666 minutos, batendo por 725 milésimos de segundo o alemão Max Rendschmidt, com a medalha prata, e o checo Josef Doostal foi o terceiro classificado, a 1,511 segundos.
Em campeonatos do mundo, o canoísta de Ponte de Lima, de 29 anos, tinha conquistado o bronze em 2015 e a prata em 2017 nesta distância.
Hoje, Fernando Pimenta defende o título mundial de K1 5.000, distância não olímpica.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.