Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Famalicão: Núcleo de Teatro Amador de Vermoim estreia peça de Almeida Garrett
INL desenvolve estrutura que capta poluentes farmacêuticos da água

Famalicão: Núcleo de Teatro Amador de Vermoim estreia peça de Almeida Garrett

Viana do Castelo investe 2 milhões em apoios sociais, promoção do sucesso escolar e projetos educativos

Vale do Ave

2018-08-19 às 18h00

Redacção

‘Falar Verdade e Mentir’ é a nova peça do núcleo da Associação Cultural local. Peça vai ser apresentada no Festival de Teatro Amador que o grupo promove em Setembro.

‘Falar Verdade a Mentir’, um clássico de Almeida Garrett’ é o mais recente trabalho do Núcleo de Teatro da Associação Cultural de Vermoim (NUTEAVC), Vila Nova de Famalicão.
A peça teve a sua estreia no Festival de Teatro Amador de Lamego na qual o grupo famalicense participou.

São já oito os trabalhos que o NUTEAVC produziu desde de que a Associação?Cultural de Vermoim retomou a componente teatral, em 2011. “Tem sido um percurso difícil, de combate ainda, e sempre, ao preconceito e à ignorância. Ao mesmo tempo, tem sido um percurso de sacrifício e de grande entrega pessoal e colectiva superando dificuldades familiares, económicas e de muitas outras índoles”, refere o responsável do grupo de Teatro Amador.

Foi com a Peça ‘25 de Abril - A Revolução dos Cravos’, da autoria de Leonel Rocha, que o Núcleo de Teatro da ACV retomou o Teatro na Colectividade após muitos anos de interregno. Numa apresentação com recurso a meios audiovisiuais e a interactividade, o público viveu momentos de grande envolvência que chegaram mesmo à visível emoção dos mais velhos e à surpresa dos mais novos.

O grupo é constituído hoje por vinte elementos não só da freguesia de Vermoim, mas também de outras localidades do concelho como Telhado, Gavião, Lousado e Joane.

Sinal da vitalidade que tem conseguido manter é a quinta edição do Festival de Teatro Amador que promove de 15 de Setembro a 20 de Outubro, em Vermoim, e que conta com a participação de grupos oriundos de vários pontos do país: o TACCO -?Teatro Amador do Círculo Católica de Operários, de Vila do Conde; o GPTL - Grupo Paroquial de Teatro de Leça da Palmeira; o TEF -?Teatro Experimental Flaviense; o GTN - Grupo de Teatro Novelas, de Penafiel e o Grupo de Teatro da Aldeia Verde de Lazarim, Lamego.

O primeiro espectáculo está a cargo do grupo anfitrião, a 15 de Setembro, com o novo trabalho da colectividade -Falar Verdade a Mentir - que conta a história de um mentiroso compulsivo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.