Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Fafe: V Colóquio Internacional A Casa Senhorial: anatomia dos interiores
Junta de Gualtar possibilita ‘Férias na praia’ a 130 crianças

Fafe: V Colóquio Internacional A Casa Senhorial: anatomia dos interiores

FC Famalicão a postos para começo oficial da nova época

Vale do Ave

2018-05-22 às 21h10

Redacção

Congresso Internacional traz a Fafe três dezenas de investigadores sobre Casas Senhoriais.

Acontece, de 6 a 8 de Junho de 2018, em Fafe, o V Colóquio Internacional A Casa Senhorial: anatomia dos interiores, promovido pela Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB/Minc, Rio de Janeiro), a Universidade Nova de Lisboa (Portugal) e o Museu das Migrações e das Comunidades/Câmara Municipal de Fafe, com o apoio do Grupo de Pesquisa Casas senhoriais e seus interiores: estudos luso-brasileiros em arte, memória e património.?

O evento é o desdobramento do projeto 'A Casa Senhorial em Lisboa e no Rio de Janeiro: Anatomia dos interiores', realizado a partir de 2011, dedicado ao estudo da casa de morada da nobreza e da alta burguesia, entre os séculos XVII e XIX, focando os múltiplos aspectos dos seus interiores. Inicialmente voltado para duas regiões do mundo cultural e artístico luso-brasileiro, Lisboa e Rio de Janeiro, o projeto hoje ampliou a sua abrangência para Portugal, Brasil e Goa.??

O colóquio é uma reunião científica de investigadores, aberta à participação de estudiosos de todo mundo, para compartilhar e confrontar resultados de estudos acerca das casas senhoriais, desde o século XVII ao início do XX, com foco em quatro linhas de investigação:
Proprietários, construtores e artífices. Vivências e rituais;
Identificação das estruturas e dos programas distributivos e o estudo de nomenclaturas funcionais e simbólicas de cada espaço;?
A ornamentação fixa: azulejos, tectos, talhas, pinturas, estuques, têxteis, pavimentos, chaminés/lareiras, janelas, portas, pára-ventos e outros bens integrados;?
O equipamento móvel nas suas funções específicas e suas relações com o espaço; o conjunto e as circulações das peças; a atmosfera do lugar.

O evento foi iniciado em 2014, em Lisboa, seguido de eventos no Rio de Janeiro, no Porto e em Pelotas (Brasil). Agora, em 2018, em Fafe, estarão reunidos cerca de trinta investigadores ligados a universidades e centros de invetigação para apresentação de comunicações científicas.

O evento será completado por visitas técnicas e apresentação e lançamentos de livros dos autores participantes.
A entrada é livre.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.