Correio do Minho

Braga, terça-feira

Externato Paulo VI abriu as portas para explicar projecto diferenciador
Partido Socialista lamenta afastamento da Estratégia Cultural 2030

Externato Paulo VI abriu as portas para explicar projecto diferenciador

Musealização das ruínas romanas das Carvalheiras cria parque urbano

As Nossas Escolas

2018-04-22 às 06h00

José Paulo Silva

''Portas Abertas' deu ontem a conhecer projecto educativo do Externato Paulo VI. Estabelecimento de ensino aposta na Teoria das Inteligências Múltiplas.

No arranque do próximo ano lectivo, o Externato Paulo VI contará com um novo espaço para a prática desportiva e actividades recreativas e pedagógicas de ar livre. A comunidade educativa usufrui já do ringue da delegação de Braga da Fundação Inatel, o qual irá agora ser melhorado com relvado sintético e outras estruturas de apoio. As obras estarão concluídas em Setembro.
A revelação foi feita ontem ao Correio do Minho pelo director pedagógico do Externato Paulo VI,?Nélson Moreira, à margem da iniciativa 'Portas Abertas', uma jornada de convívio entre famílias, alunos, professores e funcionários, animada por performances de dança, teatro, música, dinâmicas pedagógicas e exposições de projectos desenviolvidos neste ano lectivo.

A vontade de apresentar o vigor educativo, diferenciador, inovador e criativo desta comunidade escolar motivou também este primeiro Portas Abertas, considerou o director pedagógico do estabelecimento de ensino fundado em 1970 pela Congregação das Religiosas Escravas da Santíssima Eucaristia e da Mãe de Deus.
Os 480 alunos do Externato beneficiam, desde há quatro anos, de práticas pedagógicas baseadas na Teoria das Inteligências Múltiplas, cujos resultados foram evidenciados na jornada de ontem. A aprendizagem corporativa é um dos métodos de aprendizagem seguidos no Externato Paulo VI, estabelecimento de ensino privado de inspiração cristã com oferta formativa desde o jardim de infância ao 3º ciclo do ensino básico.
Matemática na Horta é apenas uma das dinâmicas pedagógicas seguidas no Externato Paulo VI para potenciar as inteligências múltiplas dos alunos, por via do estímulo sensorial, emocional e cognitivo, objecivo que pode ser atingido, por exemplo, com a confecção de pizas na apreensão do conceito de fracções. As sessões daily routines, com envolvimento dos alunos como mini teachers, apuram, por outro lado, a conversação em língua inglesa desde idades muito precoces.

No próximo ano lectivo, adiantou-nos o director pedagógico, será iniciado no jardim de infância e nas turmas do 1º ciclo do ensino básico um novo projecto de utilização das novas tecnologias de informação em contexto de sala de aula.
Num dia em que a Associação de Pais dos Alunos do Externato Paulo VI se envolveu também na organização de Portas Abertas, nomeadamente através do serviço de almoço a todos os participantes, foi apresentado o livro Ip&Op no hip-hop e a lavagem das mãos, revelados os trabalhos sobre o tema Oceanos, elaborados pelos alunos do 1.º ano de escolaridade em contexto familiar, ou proporcionadas experiências de escalada urbana.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.