Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Espaço Empresa de Guimarães é porta de entrada ao investimento
Tribunal dos Arcos de Valdevez volta a julgar processos-crime em 2019

Espaço Empresa de Guimarães é porta de entrada ao investimento

Estádio 1.º de Maio recebe maior evento de atletismo realizado em Portugal

Vale do Ave

2018-04-17 às 06h00

Marta Amaral Caldeira

Guimarães volta a estar à frente e, ontem, Domingos Bragança, presidente da Câmara de Municipal, inaugurou o Espaço Empresa com vista a potenciar o investimento, facilitando os processos.

Tudo o que tenha a ver com investimentos, empresas e empreendedorismo está aqui, sublinhou Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, ontem, na inauguração do Espaço Empresa de Guimarães, instalado na Plataforma das Artes e da Criatividade. O espaço pretende servir de ponte entre investidores e o poder local e central e promotor do desenvolvimento económico do concelho e da região.
A desborocratização é a palavra-chave do Espaço Empresa (EE), tal como explicou o autarca vimaranense, perante algumas dezenas de empresários locais que fizeram questão de marcara presença na cerimónia. Trata-se de mais um projecto que abraçamos, assinalou Domingos Bragança. Aqui e agora concentramos um vasto leque de organismos com o principal objectivo de responder a todos os assuntos que digam respeito ao desenvolvimento empresarial, ao investimento e ao empreendedorismo.

Além da concentração de vários organismos centrais como, por exemplo, o IAPMEI - Agência para a Competitividade e Inovação, entre uma lista de 26 entidades, ali estarão residentes também dois funcionários da Câmara Municipal de Guimarães, um da área do Desenvolvimento Económico e outro do Balcão Único, precisamente para receber e tratar digitalmente todos os assuntos de foro económico que solicitem uma resposta rápida e eficaz por parte da administração local e/ou da administração central.
Quero que este seja um espaço disponível também para os empresários e empreendedores usarem sempre que precisarem de reunir, asseverou o presidente da Câmara de Guimarães.

As 26 entidades que aqui estarão concentradas neste Espaço Empresa contribuirão para a informação e formalização de candidaturas, projectos, licenciamento industrial e outros assuntos directamente relacionados con a actividade económica, indicou.
O edil pediu, ainda, ao IAPMEI para que o EE possa ser palco de acções de formação para empresários no sentido de potenciar a economia local, mas também de acções de informação aos mesmos sobre como ultrapassar problemas de formalidade que podem pôr em causa investimentos importantes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.