Correio do Minho

Braga,

Encontro Alumni convida ex-estudantes da UMinho ‘A Formar o Futuro’
Oficinas de Criatividade homenageiam cientista nascido em Arcos de Valdevez

Encontro Alumni convida ex-estudantes da UMinho ‘A Formar o Futuro’

Promover a igualdade é a melhor forma de combater a violência

Braga

2018-09-06 às 10h00

Isabel Vilhena

Os ex-estudantes da UMinho têm encontro marcado para o próximo dia 15 na Escola Secundária Sá de Miranda. A iniciativa vai na 5.ª edição e assume-se como momento de partilha entre antigos colegas e amigos numa reaproximação com a Academia.

A Universidade do Minho volta a organizar, no pró?ximo dia 15 de Setembro, o seu encontro anual de ex- estudantes.

Depois de passar por locais como o Mosteiro de Tibães, Paço dos Duques de Bragança e Largo do Paço, o Encontro Caixa Alumni 2018 tem lugar na Escola Sá? de Miranda sob o mote ‘A Formar o Futuro”, procurando destacar a importância da educação e formação dos cidadãos no desenvolvimento social e na construção de um futuro melhor.

Um desi?gnio assumido pela UMinho e realçado ontem pelo reitor da instituição, Rui Vieira de Castro. “Quando adoptamos este lema a nossa ideia era de vincar uma dimensão essencial da actividade da universidade que tem como eixo central da sua missão a educação e formação, fazendo-o na perspectiva de construir um futuro melhor”, afirmou Rui Vieira de Castro.

Esta iniciativa, que vai para a sua quinta edição, assume-se como momento privilegiado de partilha entre antigos colegas e amigos que irão neste dia, recuperar memórias e revisitar tempos marcantes na sua vida, reaproximando-os da Academia. Para o reitor da UMinho, este evento “procura reforçar laços com ex-alunos da UMinho e é uma forma de lhes dizer que continuam a ser membros da nossa universidade e que gostamos de os ter cá”, acrescentando que “é também uma forma de os trazer aquilo que são as novas realidades da universidade, procurando acrescentar conhecimento sobre aquilo que a instituição vai fazendo, procurando incutir sentimentos de orgulho por aquilo que a casa que foi um dia sua vai fazendo e que a vejam como casa sua permanente”.

Rui Vieira de Castro assinala a adesão crescente a este evento que representa “um sinal que esta realização corresponde a vontade das pessoas que passaram pela Universidade do Minho e a nossa expectativa é que este caminho que estamos a trilhar seja cada vez mais sólido no sentido da consolidação desta comunidade muito alargada, não apenas envolvendo os 20 mil estudantes e milhares de funcionários, professores e investigadores”.
O reitor da UMinho vincou que este evento “materializa uma ideia de comunidade académica, fortalecendo os vínculos com os ex-alunos e como instituição que pode continuar a fazer parte dos seus percursos formativos”, salientando que pela Universidade do Minho já passaram 60 mil alunos e foram atribuídos mais de 70 mil graus.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.