Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Embaixador da China chama pelas empresas bracarenses
Mais de cem novos bombeiros reforçam corporações do Alto Minho

Embaixador da China chama pelas empresas bracarenses

UMinho entre as 50 melhores da Europa

Braga

2018-04-11 às 06h00

José Paulo Silva

Fórum Económico Braga-China deu nota do bom momento das relações diplomáticas e económicas entre Portugal e o gigante asiático. Embaixador apelou à participação na grande feira de Xangai.

O embaixador da China em Portugal declarou ontem disponibilidade para apoiar a participação de empresas do concelho de Braga na Feira Internacional de Importações da China, que decorrerá de de 5 a 10 de Novembro, em Xangai. No Fórum Económico Braga-China, Cai Run desejou que os empresários bracarenses acompanhem a abertura do maior mercado do mundo, sendo que a maior exposição internacional de importações é um dos meios para atingir esse objectivo. Este é um ano em que as relações entre Portugal e a China enfrentam oportunidades relevantes para o desenvolvimento económico e comercial, destacou o representante diplomático da China.

Na abertura do Fórum, organizado em parceria com a InvestBraga e a Câmara de Comércio e Indústria Luso Chinesa, o presidente da Câmara Municipal de Braga deu nota das relação bastante estreita com a China, corporizado num acordo de colaboração com a cidade Shenyang, na visita de delegações de outras cidades chinesas a Braga e nas empresas bracarenses que estabelecem negócios em diversos pontos da China.
Francisco Marques, CEO da Balanças Marques, partilhou no Fórum Económico Braga-China a experiência da sua empresa no mercado chinês, onde se estabeleceu há pouco mais de cinco anos. A operação tem corrido bem, adiantou este empresário ao Correio do Minho, observando, no entanto, que o processo de estabelecimento no mercado chinês não é muito rápido.

A Balança Marques facturou mais de dois milhões de dólares em 2017 com o fabrico na China de componentes para instrumentos de pesagem da própria empresa e para venda a outros fabricantes.
A inteligência desses equipamentos, que é produzida em Braga, é diferenciadora.?Incorporamos esse software no hardware produzido na China, explicou Francisco Marques.
Para além do estreitamento da cooperação empresarial, o presidente da Câmara Municipal crê que a relação com a China pode ser fortalecida na vertente turística.
Queremos aproveitar o aumento dos turistas chineses que estão a chegar a Portugal. É uma área onde acreditamos que se pode verificar um grande crescimento, declarou Ricardo Rio.
O embaixador Cai Run relevou que mais de 250 mil chineses visitaram Portugal em 2017, mais 40 por cento do que no ano anterior.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.