Correio do Minho

Braga, terça-feira

Depois do InterRail para jovens aposta vai para turismo sénior
Biblioteca assombrada atrai cerca de meia centena de crianças

Depois do InterRail para jovens aposta vai para turismo sénior

Famalicão: Calendário ganha novo ponto de encontro

Nacional

2018-03-06 às 06h00

Patrícia Sousa

José Manuel Fernandes, um dos mentores do passe InterRail para jovens de 18 anos, avançou com a possibilidade de vir a existir também um programa de inclusão para turismo sénior.

A Comissão Europeia anunciou um orçamento de 12 milhões de euros para um programa que prevê a oferta de um passe InterRail para viajar pela Europa a cada europeu no dia em que cumpra 18 anos. Esta prenda, que foi uma proposta do eurodeputado José Manuel Fernandes, do Partido Popular Europeu e dos relatores do Orçamento, pode vir a abranger também os seniores. Este programa de inclusão poderá existir também para o turismo sénior. Aqueles que têm mais dificuldades económicas para viajar também poderão estar abrangidos por estes programas, avançou o eurodeputado, na última edição do programa Da Europa para o Minho, da rádio Antena Minho.
A Comissão Europeia deu assim o primeiro passo para aplicar a proposta do Parlamento Europeu de um Passe InterRail gratuito para europeus que façam 18 anos, dando a conhecer as diferentes culturas e a diversidade cultural que existe nos países da União Europeia, justificou José Manuel Fernandes.

Para além do ponto de vista económico, continuou o eurodeputado, o turismo também pode ser visto no espaço interno da União Europeia como um elemento fundamental para construir um verdadeiro espírito europeu e onde as diferentes culturas se devem cruzar, sendo uma mais-valia para o espírito europeu. E aqui, acrescentou José Manuel Fernandes, é preciso contar com o património, a gastronomia, a paisagem e as pessoas, porque isso serve para valorizar a União Europeia.
José Manuel Fernandes admitiu ainda que Portugal está a tirar partido do elemento segurança. Somos dos locais mais seguros e pacíficos do mundo e isso tem uma importância enorme para o turismo, a complementar a isso temos o nosso clima, a nossa gastronomia, o nosso património e outro elemento crucial que é a mobilidade e ligações aéreas, defendeu. E o eurodeputado foi mais longe: não podemos aceitar que se retirem determinados voos da TAP do aeroporto Sá Carneiro, bem como os voos low cost, que são essenciais para o crescimento do turismo do Norte.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.