Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Cursos EFA - Didáxis: uma aposta no futuro
Vieira do Minho: "Interior do país deve estar no topo das prioridades

Cursos EFA - Didáxis: uma aposta no futuro

Concurso de dança Sonhos nos Pés revela jovens talentos bracarenses

Ensino

2012-04-25 às 20h24

Redacção

Ler deve ser um gosto, sobretudo um prazer que se cultiva. Foi pois com muita satisfação e prazer que os formandos do Curso EFA B3 (G16) - Didáxis visitaram a Biblioteca Municipal e a Casa-Museu Camilo Castelo Branco.

Ler deve ser um gosto, sobretudo um prazer que se cultiva. Foi pois com muita satisfação e prazer que os formandos do Curso EFA B3 (G16) - Didáxis visitaram a Biblioteca Municipal e a Casa-Museu Camilo Castelo Branco.
Na segunda-feira, dia 16 de abril, num ambiente calmo e tranquilo, os formandos conheceram os vários espaços existentes na Biblioteca, sendo os da sua eleição: a Sala de Fundo Local e os Fundos Especiais e Doações. Segundo eles, estes espaços transbordam vida, são verdadeiros tesouros que são importantes preservar.
A visita à Biblioteca também lhes permitiu constatar que a Biblioteca é espaço agradável de reflexão, pesquisa e lazer, aliado à formação e informação.
“Aprender a aprender” é neste momento essencial numa sociedade em constante mudança. Cada vez mais a produção, a aquisição e o uso de conhecimento são fundamentais para um pleno desempenho na sociedade atual.
Procurar o saber tornou-se uma competência essencial e uma nova forma de saber por excelência e a Biblioteca é um recurso imprescindível para fomentar o gosto pela leitura e pelo conhecimento e, desta forma, fomentar leitores, com sentido crítico e vontade de descobrir e investigar. Tal como diz o escritor peruano Mário Vargas Llosa “um público comprometido com a leitura é crítico, rebelde, inquieto, pouco manipulável e não crê em lemas que alguns fazem passar por ideias”.
Na sexta-feira, dia 20 de abril, com a visita à Casa de Camilo, os formandos tiveram a oportunidade de aprofundar conhecimentos sobre a vida e obra de Camilo Castelo Branco, primeiro escritor profissional entre nós.
Entre os vários espaços visitados da casa, o Escritório mereceu um olhar atento dos formandos, pelo facto de as estantes conterem parte da biblioteca particular do escritor. Este também foi o momento que se revestiu de particular interesse para os formandos, pois a guia partilhou algumas preciosas notas a lápis redigidas por Camilo que enriqueceram alguns volumes.
Importa ainda referir que esta iniciativa se enquadra também no desenvolvimento da Atividade Integradora, subordinada ao tema “Ilustres famalicenses”.
Para terminar, a Didáxis agradece a disponibilidade e simpatia das pessoas que nos receberam na Biblioteca e na Casa de Camilo Castelo Branco. Com o seu entusiasmo, dedicação e empenho, conseguiram criar momentos de partilha, contribuindo positivamente para a formação de todos.

Texto da responsabilidade da Didaxis

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.